Kris Kristofferson

Cantor, compositor e ator norte-americano, nasceu a 22 de junho de 1936, em Brownsville, no estado do Texas. Filho de um oficial da Força Aérea Americana, passou a sua juventude percorrendo o país de lés a lés conforme as missões atribuídas a seu pai. Concluiu o curso de Literatura Criativa na Universidade de Pomona (Califórnia) e recebeu uma bolsa para estudar Literatura na Universidade de Oxford. Durante a década de 60 foi piloto do exército americano, recusou uma vaga para professor de Literatura inglesa em West Point e mudou-se para Nashville para encetar carreira na escrita e composição de música country. Passou por vários empregos, entre os quais o de porteiro na editora Columbia Studios, empregado de bar e piloto de helicóptero. A sua carreira viu-se definitivamente lançada em 1970 quando conquistou o prémio da Country Music Association para Compositor do Ano, pelo tema "Sunday Mornin' Comin' Down", interpretado por Johnny Cash. A canção ganhou ainda o prémio de Canção Country do Ano. Fez sucesso na década de 70 graças a canções como "Me And Bobby McGee", "Help Me Make It Through The Night" (proporcionou-lhe o seu primeiro Grammy na categoria de Melhor Canção Country), "For The Good Times", "Loving Her Was Easier" e "Why Me". Os seus duetos com a cantora Rita Coolidge (com quem casou em 1973) constituíram grande êxito e proporcionaram-lhe dois prémios Grammy: em 1973, na categoria de Melhor Desempenho Vocal Country por Duo ou Grupo com "From The Bottle To The Bottom" e, em 1975 , na categoria de Melhor Desempenho Vocal Country por Duo ou Grupo com "Lover Please". O seu último grande êxito de vendas foi "Watch Closely Now" retirado da banda sonora de A Star Is Born (Nasceu Uma Estrela, 1976). Na segunda metade dos anos 70 viu-se envolvido em problemas relacionados com o alcoolismo, que inclusivamente levaram ao divórcio com Coolidge. Na primeira metade da década de 80 editou os álbuns To The Bone (1981), The Winning Hand (1982) e Songwriter (1985), mas sem o sucesso comercial da década anterior. Em 1985, formou os Highwaymen, com os amigos Johnny Cash, Waylon Jennings e Willie Nelson, lançando o álbum homónimo de estreia no mesmo ano. Seguiram-se Highwaymen II (1990) e The Road Goes Forever (1995). O ano de 1995 marcou a edição de A Moment Forever, o seu primeiro álbum a solo depois de quase 10 anos de inatividade a solo. Em 1999 editou The Austin Sessions, uma regravação dos seus maiores sucessos. A sua carreira como ator começou na década de 70 com o filme The Last Movie, de Dennis Hopper. Outros filmes incluíram Cisco Pike (Nas Malhas da Rede, 1972), Pat Garrett and Billy The Kid (Duelo na Poeira, 1973), de Sam Peckinpah, Alice Doesn't Live Here Anymore (Alice Já Não Mora Aqui, 1974), de Martin Scorsese, The Sailor Who Fell From Grace With The Sea (1977), A Star Is Born (Nasceu Uma Estrela, 1976, ao lado de Barbra Streisand e cujo papel lhe valeu uma nomeação para o Globo de Ouro de Melhor Ator), Heaven's Gate (As Portas do Céu, 1980), Songwriter (1984, ao lado de Willie Nelson), Lone Star (1996), de John Sayles, Blade (1998), Payback (A Vingança, 1999), Planet Of The Apes (Planeta dos Macacos, 2001) e Blade 2 (2002), entre outros.
Como referenciar: Kris Kristofferson in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-23 20:31:51]. Disponível na Internet: