Laos

Geografia
País do Sudeste Asiático. Situado no Centro da Península da Indochina abrange uma superfície de 236 800 km2. Faz fronteira com a China, a norte, o Vietname, a nordeste e a leste, o Camboja, a sul, a Tailândia, a oeste, e o Myanmar, a noroeste. As cidades mais importantes são Vienciana, a capital, com 198 800 habitantes (2004), Savannakhet (58 200 hab.), Louang-Prabang (26 500 hab.) e Pakxé (50 400 hab.).
O país é muito montanhoso.
Clima
O clima é tropical de monção, com uma estação húmida, de maio a outubro, e com uma estação seca, de novembro a abril.

Economia
Tem uma economia baseada na agricultura, sendo as culturas mais importantes o arroz, a cana-de-açúcar, o tabaco, o milho e o chá. O país dispõe de algumas riquezas minerais: lenhite, potassa, bauxite, prata e minério de ferro de grande qualidade (60% de teor em ferro). A indústria extrativa resume-se à pedra de gesso, ao estanho e a algumas pedras preciosas, especialmente a safira.
A indústria têxtil de vestuário tem alguma importância e constitui a segunda exportação, sendo a primeira a madeira. A produção industrial abrange ainda os detergentes, o sabão, os produtos de plástico, o vestuário, o tabaco, o contraplacado, os fios elétricos, as bebidas não alcoólicas, a cerveja e as garrafas.
Embora seja ilegal, o ópio é um negócio extremamente lucrativo para o país. Por isso, são plantadas grandes quantidades de papoilas, especialmente na Zona Norte. Esse facto torna o Laos numa das nações que integram o "Triângulo Dourado", juntamente com a Tailândia e o Myanmar. Os principais parceiros comerciais do Laos são a Tailândia, o Vietname, o Japão e a China.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 0,1.

População
A população do país está estimada em 6 368 481 habitantes, o que corresponde a uma densidade de 26,25 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 35,49%o e 11,55%o. A esperança média de vida é de 55,49 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,525 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) é de 0,518 (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 9 448 000 habitantes. As etnias mais importantes são a Lao-Lum (68%), a Lao-Theung (22%), a Lao-Tailandesa (8%) e a Lao-Sung (2%). As religiões com maior expressão são a budista, com 58%, e as religiões tribais, com 34%. A língua oficial é o lao.

História
No seguimento da expansão colonial francesa no Vietname e no Camboja, o Laos tornou-se um protetorado francês em 1893 e permaneceu sob o seu domínio até março de 1945, quando os Franceses foram expulsos pelos Japoneses. Depois da derrota do Japão na Segunda Guerra Mundial, foi formado um Governo Provisório. Em 1946, os Franceses regressaram, recusaram a independência do país e tomaram-no novamente. Em 1950, o Laos tornou-se um Estado soberano e, quatro anos mais tarde, a França abandonou o território. Seguiram-se enormes ajudas económicas dos EUA. Mas, a partir dessa data, as várias etnias entraram em sucessivos conflitos.
Algum tempo depois, o país colocou-se ao lado do Vietname do Norte. Envolveu-se na Guerra do Vietname e lutou contra os Norte-Americanos. Em 1975, um regime comunista obteve o controlo do Poder e o país passou a ser a República Popular Democrática do Laos. Mas a destruição causada pela guerra, a retirada da ajuda norte-americana, a nova política socialista do regime e a terrível seca de 1977 impediram o desenvolvimento. A partir de 1980, devido a uma política mais liberal e às ajudas da URSS e do Vietname, a situação foi melhorando. A partir da década de 1990, a influência do Vietname no território diminuiu. Em 1989 decorreram as primeiras eleições e, dois anos mais tarde, foi promulgada a nova Constituição. No entanto, o país continua a ser vítima dos problemas climáticos e das guerras do passado.
Como referenciar: Laos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-22 17:39:11]. Disponível na Internet: