László Moholy-Nagy

Artista multifacetado, László Moholy-Nagy nasceu em 1895, em Bácsborsód, na Hungria. Estudou Direito, desde 1913, em Budapeste, abandonando os estudos em 1918. Tinha já realizado alguns trabalhos de pintura e de desenho. Em 1919 desloca-se para Viena e, no ano seguinte, para Berlim, onde realiza a sua primeira exposição individual, em 1922. Foi professor da Bauhaus entre 1923 e 1928, tornando-se mestre da forma e do atelier de metal e chefe do curso preliminar. Deu aulas de materiais e de espaço. Realizou trabalhos de pintura, de tipografia e de fotografia e publicou vários estudos e ensaios teóricos sobre design. Entre 1928 e 1934 dirigiu um estúdio de design gráfico em Berlim. Trabalhou em filmes experimentais e fez projetos para a Ópera Kroll e para o teatro Piscator. Na década de 30 realizou uma série de esculturas denominadas Moduladores Espaciais que constituem as primeiras manifestações da arte cinética.
Emigra para Amesterdão em 1934 e viaja para Londres no ano seguinte, trabalhando aí como designer gráfico. Mais tarde, desloca-se para os Estados Unidos da América e funda, em Chicago, uma escola de artes, a New Bauhaus, em 1937, que, no ano seguinte, passaria a designar-se School of Design. Desenvolve nesta fase esculturas acrílicas e concentra-se novamente sobre a pintura em 1944, sendo exemplo desta fase o Double Loop, de 1946. Morre em Chicago em 1946. A sua obra Visions of Motion foi publicada postumamente, em 1947.
Como referenciar: László Moholy-Nagy in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-24 00:46:43]. Disponível na Internet: