Mark Robson

Realizador canadiano nascido a 4 de dezembro de 1913, em Montreal. Ainda criança, mudou-se com a família para os Estados Unidos, onde se formou pela Universidade da Califórnia (UCLA).
Começou a sua carreira no cinema a trabalhar para a 20th Century Fox e, mais tarde, mudou-se para a RKO - onde trabalhou como montador para realizadores como Robert Wise, entre outros. Começou depois a trabalhar como realizador de filmes de terror de baixo orçamento produzidos por Val Lewton, como The Ghost Ship (1943) e The Seventh Victim (1943). Seguiram-se Youth Runs Wild (1944) e Isle of the Dead (1945), ambos protagonizados por Boris Karloff.
Em 1949, realizou para Stanley Kramer um dos filmes sobre boxe mais aplaudidos de sempre, The Champion (O Campeão), com Kirk Douglas no papel principal. Robson foi nomeado para o Leão de Ouro do Festival de Cinema de Veneza e o filme recebeu cinco nomeações para os Óscares de Hollywood, tendo ganho o Óscar de Melhor Montagem. Fez depois o western Roughshod (1949) e Home of the Brave (1949), um drama bastante elogiado pela crítica. Em 1950, realizou o filme negro Edge of Doom, baseado no livro de Leo Brady e, no ano seguinte, realizou o drama sobre a Guerra da Coreia I Want You (1951). Com The Bridges at Toko-Ri (1955), protagonizado por William Holden e Grace Kelly, alcançou o sucesso comercial que ambicionava, a que se seguiu The Harder They Fall (A Queda de Um Corpo, 1956), um filme negro com Humphrey Bogart, e Peyton Place (1957), estreando Lana Turner, que recebeu nove nomeações para os Óscares, incluindo o de Melhor Realizador. Em 1958, foi novamente nomeado para o Óscar de Melhor Realizador pelo seu trabalho no drama Inn of the Sixth Happiness (A Pousada da Sexta Felicidade).
Destaque ainda para outros filmes de sucesso: The Prize (O Prémio, 1963), a adaptação do livro de Irving Wallace, um thriller com Paul Newman; Von Ryan's Express (O Expresso de Von Ryan, 1965), um filme passado em Itália durante a Segunda Guerra Mundial sobre uma fuga de prisioneiros num comboio; Lost Command (Os Centuriões, 1966), com Anthony Quinn; Valley of the Dolls (O Vale das Bonecas, 1967); e o filme-catástrofe Earthquake (Terramoto, 1974), protagonizado por Charlton Heston e Ava Gardner.
A 20 de junho de 1978, Mark Robson faleceu em Londres vítima de ataque cardíaco.
Como referenciar: Mark Robson in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-20 22:46:02]. Disponível na Internet: