Minas Gerais

O estado de Minas Gerais situa-se na região do Sudeste do Brasil e faz fronteira a norte e nordeste com o estado da Bahia, a leste com o Espírito Santo, a sul com o estado do Rio de Janeiro e a sudeste com os estados do Rio de Janeiro e São Paulo. A capital do estado é Belo Horizonte e tem uma área de 586 528 km2 e uma população estimada em 19 479 356 habitantes pelo censo de 2006. A densidade populacional é de 33,21 e a média de vida de 73,8 anos. É o segundo estado mais populoso do Brasil.
Minas Gerais é o estado mais montanhoso do Brasil com um território dominado por planaltos escarpados. A altitude média varia entre os 100 e os 1500 metros. As altitudes mais baixas encontram-se nas várzeas dos rios do sudeste, leste e norte. As maiores altitudes encontram-se nas serras da Mantiqueira, Espinhaço, Canastra e Caparaó, acima dos 1700 metros. O Pico da Bandeira é o mais alto com 2.891,9 metros e fica na fronteira com o estado de Espírito Santo.
O rio São Francisco é o principal de Minas Gerais e nasce na Serra da Canastra. Outros cursos de água são o Pará, o Paracatu, o Paraopeba, o rio das Velhas e o Verde Grande que são afluentes do rio Francisco. Domina a vegetação de cerrado de arbustos e no vale do rio São Francisco existe a catinga, típica do Nordeste.
O clima é tropical de altitude, com temperaturas médias abaixo dos 20ºC, ocorrendo geadas em certas alturas do ano. A estação seca e a das chuvas estão bem demarcadas.
Os bandeirantes paulistas foram os primeiros a chegar a estas terras no século XVI, que se passaram a chamar, na altura, Campos de Cataguás. A exploração de ouro e pedras preciosas, no século XVIII, representou a maior riqueza do território, daí o nome ter mudado para Minas Gerais. Os conflitos pela posse e exploração das riquezas mineiras levou a vários confrontos e, em 1708, teve lugar o mais grave de eles todos: a Guerra dos Emboabas. No ano seguinte, foi criada a capitania de São Paulo e Minas de Ouro, mas, pouco depois, em 1720 a capitania de Minas foi separada e a sua sede ficou na atual cidade de Ouro Preto.
Os elevados impostos cobrados à população levaram a que a população se revoltasse. A mais famosa destas revoltas foi a Inconfidência Mineira, que reclamava a autonomia política.
A cultura do café, após a independência do Brasil trouxe de novo a prosperidade económica à região. As reformas económicas dos anos 70 do século XX implantaram diversas indústrias em Minas Gerais, entre as quais se destacam a indústria automóvel, a produção de aço, de ferro e cimento. No setor agrícola, o café continua a manter a sua posição cimeira.
O turismo centra-se sobretudo no património histórico de cidades como Mariana, São João Del Rey, Ouro Preto e Diamantina, estas duas últimas património classificado pela UNESCO.
Como referenciar: Minas Gerais in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-03-19 22:45:25]. Disponível na Internet: