MIT (Massachusetts Institute of Technology)

O Massachusetts Institute of Technology (MIT) admitiu os seus primeiros alunos em 1865, quatro anos após a sua fundação na cidade de Cambridge, Massachusetts, nos Estados Unidos da América.
Desde então, já formou muitas gerações de estudantes oriundos de todo o mundo, sem perder de vista a filosofia de "aprender ao fazer" com que foi fundado.
Sendo uma universidade dedicada à Ciência, Engenharia e Artes, o Instituto Tecnológico de Massachusetts compreende 32 departamentos académicos, divididos por cinco escolas e uma faculdade, e distribuídos ao longo de um terreno com cerca de 68 hectares. É administrado pela MIT Corporation, uma comissão composta por 78 membros, responsáveis por aspetos como a aprovação do orçamento anual ou a atribuição dos graus académicos.
Atualmente emprega mais de 10 mil pessoas em todo o campus universitário, dos quais mais de 1600 estão ligados diretamente ao ensino e perto de 3500 dedicam-se em exclusivo à investigação.
A investigação é, aliás, uma forte componente e uma das vertentes mais reconhecidas do Massachusetts Institute of Technology - só no ano letivo de 2006, os investigadores do MIT conseguiram obter mais de 120 patentes, para outras tantas criações entre as 523 ali desenvolvidas nesse mesmo período.
Parcialmente financiado pelo Estado e várias instituições com as quais mantém parcerias, como a Fundação Nacional para a Ciência, a NASA, ou o departamento de defesa norte-americano, o Instituto Tecnológico de Massachusetts destina anualmente uma parte considerável do seu orçamento para o apoio financeiro aos alunos, através da atribuição de bolsas de estudo. Em média, três em cada quatro dos seus alunos recebem apoio a nível económico, seja ele de fundos estaduais específicos ou do próprio MIT.
Não obstante, o espaço físico do campus universitário compreende ainda 11 residências destinadas ao alojamento de alunos de graduação, e 6 reservadas para os alunos de pós-graduação, onde cada estudante pode ficar alojado num quarto individual durante pelo menos quatro anos.
De entre os mais de 110 mil indivíduos que o MIT já formou, 27 foram laureados com o prémio Nobel, e muitos outros se tornaram figuras de destaque nas mais diversas áreas. Por lá passaram personalidades como o astronauta americano Buzz Aldrin, o antigo secretário de estado das Nações Unidas Kofi Annan, ou o anterior primeiro-ministro de Israel Benjamin Netanyahu.

Como referenciar: MIT (Massachusetts Institute of Technology) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-15 05:40:59]. Disponível na Internet: