Mitsubishi

A Mitsubishi foi fundada no Japão em 1870 por Yataro Iwasaki, inicialmente como uma empresa de navegação. O símbolo da marca surgiu nesta altura, combinando três folhas com os três diamantes da família. Mitsubishi significa precisamente três diamantes.
Com o passar dos anos diversificou os seus ramos de negócios e fabrico.
Em 1917, ao apresentar o Modelo A, a Mitsubishi tornou-se na primeira empresa japonesa a construir automóveis. Oito anos depois, fez uma parceria com a Chrysler, dos Estados Unidos da América, Em 1933 fez a primeira experiência com uma viatura de quatro rodas motrizes, embora só no final do século se especializasse nessa área.
Mas o advento da Segunda Guerra Mundial fez com que todas as atividades na indústria automóvel parassem. A empresa fechou, mas diversas das suas marcas continuaram a atividade nas respetivas áreas.
A produção automóvel retornou em 1950, através de um pequeno carro, o modelo 500. Nos cinco anos seguintes, a Mitsubishi dedicou-se exclusivamente a carros pequenos.
A designação Colt, que ainda hoje persiste, surgiu em 1962. Aos poucos, a marca japonesa foi construindo versões maiores do Colt, a que viria a dar o nome Galant, em 1969.
A Mitsubishi Motors Corporation foi estabelecida como empresa independente em 1970, contando de novo com uma parceria com a Chrysler.
Em 1975 surgiu o modelo Lancer, de gama média. Em 1978 a Mitsubishi lançou um carro revolucionário, o Mirage, com tração dianteira, que também era vendido nos Estados Unidos da América com o logótipo da Dodge e da Plymouth.
Em 1982 foi lançado o jipe Pajero, um dos maiores sucessos comerciais de sempre da marca, e que viria a conhecer várias versões ao longo dos anos. Este jipe viria a ser adaptado para uma versão desportiva em 1983 e participou pela primeira vez no Rali Paris-Dakar. Em 1991 o Pajero venceu esta prova de todo-o-terreno.
A nível desportivo destaca-se a presença triunfante do modelo de ralis Mitsubishi Galant, que a partir de 1989 dominou o Mundial de Ralis.
Em 1990 surgiu outro modelo revolucionário, o Sigma, com quatro rodas direcionais e, ao mesmo tempo, motrizes, e o desportivo 3000 GT bi-turbo.
Cinco anos mais tarde, a Mitsubishi começou também a fabricar carros na Europa, através de uma parceria com a Volvo, da qual resultou o Carisma.
Em 1996, a Mitsubishi tornou-se a primeira marca a introduzir o conceito de injeção direta, que permite uma maior eficiência do combustível e menor emissão de gases poluentes.
Como referenciar: Mitsubishi in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-21 17:49:05]. Disponível na Internet: