Opus Ensemble

Quarteto português de música de câmara, formado em agosto de 1980 por Bruno Pizzamiglio, Ana Bela Chaves, Olga Prats e Alejandro Erlich-Oliva, que rapidamente se tornou numa referência internacional neste género musical. A primeira atuação do conjunto aconteceu no Festival Internacional de Música do Estoril em 1980. O grupo interpreta temas desde o século XVIII até compositores contemporâneos. Apesar do oboísta Pizzamilglio ter falecido em 1997, o Opus Ensemble decidiu prosseguir a sua carreira em trio com violeta, contrabaixo e piano.
Compositores como Fernando Lopes-Graça, Joly Braga Santos, Fernando Corrêa de Oliveira, João Pedro Oliveira, Jorge Peixinho, Constança Capdeville, António Pinho Vargas, António Victorino d'Almeida, Laurent Filipe, Eurico Carrapatoso, Sérgio Azevedo e Clotilde Rosa (Portugal) já elaboraram obras para o Opus Ensemble. Também do estrangeiro chegaram composições para o grupo português assinadas por nomes como o argentino Astor Piazzolla ou o brasileiro Egberto Gismonti, entre outros, de Espanha, França e Itália, por exemplo.
O Opus Ensemble gravou discos em diversas editoras internacionais conceituadas como a EMI (em várias etiquetas) e a RCA e nas portuguesas Polygram, Numérica e Strauss Portugalsom. Ao longo da sua carreira o Opus Ensemble já atuou em cidades como Paris e Toulouse (França), Luxemburgo, Londres (Inglaterra), Madrid e Huelva (Espanha), Varsóvia e Cracóvia (Polónia), Nova Iorque, Washington, Boston e Newport (Estados Unidos da América), Tóquio e Osaka (Japão), Macau, Pequim (China), Seul (Coreia do Sul), Banquecoque (Tailândia), Rio de Janeiro (Brasil), Buenos Aires (Argentina) e Montevideu (Uruguai). Em todas as suas atuações no estrangeiro o grupo interpreta composições de autores portugueses para assim divulgar a música nacional.
O grupo recebeu também diversos galardões como o Prémio da Crítica (1982 e 1984), o Sete de Ouro (1983), o Troféu Nova Gente (1983, 1986 e 1987), o Grande Prémio do Disco Rádio Renascença (1988), o Prémio Bordalo - Casa da Imprensa (1993) e o Diploma de Mérito Nova Gente (1994).
Desde 1989 o conjunto faz parte do Conselho Português da Música da UNESCO.
Como referenciar: Opus Ensemble in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-19 19:27:23]. Disponível na Internet: