Paris

Aspetos Geográficos
Cidade do Norte de França e capital do país, está situada a 370 km da foz do rio Sena. O relevo apresenta altitude reduzida no centro da cidade, que vai aumentando até às áreas de colinas nos arredores. É influenciada por um clima temperado que regista invernos suaves e verões frescos. O ponto mais alto corresponde ao monte de Montmartre com aproximadamente 200 m de altitude. É a maior cidade francesa e conta com cerca de 10 milhões de habitantes.
O natural ou habitante de Paris denomina-se parisiense.
História e Monumentos
A palavra Paris tem origem na mitologia grega, correspondendo ao nome do filho de Príamo e Hécuba, reis de Troia. A origem da cidade prende-se com a ocupação da ilha de la Cité pelos celtas. No século III foi conquistada pelos romanos, que também ocuparam as margens do Sena. A cidade dos Parisinos tinha nesta época pouca importância. A invasão germânica põe fim à ocupação romana e em 1210 o rei Filipe II manda construir uma muralha defensiva na margem esquerda. A cidade é dividida em três partes: a ilha, a margem direita e a universidade, na margem esquerda. A Bastilha e a muralha da margem direita são edificadas no reinado de Carlos V. Durante a Guerra dos Cem Anos, Paris foi controlada pelos ingleses diversas vezes, até meados do século XV. A paz é assegurada com Henrique IV, terminando com os reis Henrique III e Luís XV. Com a Revolução Francesa, em 1789, a monarquia é abolida e Napoleão domina a cidade e o resto do país. Em 1852 o imperador transforma a fisionomia de Paris, com a abertura de boulevards que facilitam o acesso ao centro. No período da belle époque são construídos importantes edifícios como a Gare de Lyon e a Ponte de Alexandre III. Durante a Primeira Guerra Mundial sofre um retrocesso no seu desenvolvimento e é ocupada pelos alemães na Segunda Grande Guerra, no entanto, não foi alvo de grande destruição. Entre os monumentos mais importantes, destacamos, por ordem cronológica, a Catedral de Notre Dame, do século XII, localizada na ilha de la Citê; a Saint-Chapelle, de estilo gótico do século XIII; o Museu do Louvre, que corresponde a um antigo palácio real; os Invalides, onde está enterrado Napoleão, que é do século XIV; o Palácio da Concórdia do século XV; a Torre Eiffel, construída em 1889, e em Montmatre a Basílica do Sacré Coeur.

Aspetos Turísticos e Curiosidades
Relativamente aos espaços verdes, devemos sublinhar o correspondente ao bosque de Bolonha, localizado no extremo ocidental da cidade, onde existem áreas de recreio e de desporto; o Jardim do Luxemburgo e o Parque de Monceau, que eram antigas reservas reais de caça atualmente localizados no centro da cidade e o Museu Botânico. O Arco do Triunfo, a Ópera, a Praça de Charles de Gaulle, os Campos Elíseos, o boulevard de Montparnasse e o Palácio do Eliseu, que constitui a residência oficial do Presidente da República, são outros tantos exemplos de pontos de interesse relevante na cidade de Paris. O Quartier Latin é famoso pelas atividades educativas e culturais que aí se desenvolvem. As galerias comerciais proliferam em diferentes áreas da cidade, destacando as famosas Galerias Lafayette. Não menos famosa é a Praça do Pigale onde se localiza um dos cabarés mais conhecidos, o Moulin Rouge. A monumentalidade da cidade também pode ser contemplada a partir do Bateau Mouche, num passeio ao longo do Sena.
Paris foi designada Capital Europeia da Cultura para o ano de 1989.

Economia
A sua indústria assegura 75% da produção nacional. De alta tecnologia e muito diversa, as mais representativas são a automóvel, de produtos químicos, componentes elétricos, de publicidade, perfumaria, joalharia e alta-costura. Os serviços relacionados com a banca estão muito desenvolvidos. Possui três aeroportos e um porto fluvial que assegura a distribuição dos produtos. A rede ferroviária e de autoestradas é muito densa. As suas instituições educativas têm grande prestígio, como por exemplo a Universidade de Paris, a Escola Politécnica, o Colégio de França e a Escola do Louvre. É um grande centro editorial e possui alguns dos periódicos mais famosos do mundo, como o Le Monde e Le Figaro. Tem uma Companhia Nacional de Música e Teatro e o Centro Nacional de Arte Georges Pompidou.
Como referenciar: Paris in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-10-18 22:17:41]. Disponível na Internet: