Pero Pinheiro (Sintra)

Pero Pinheiro é uma das vinte freguesias do concelho de Sintra (no distrito de Lisboa), com 16,06 km² de área. Foi elevada a vila a 24 de agosto de 1989. Aí se encontram três unidades da Força Aérea Portuguesa, no lugar da Granja do Marquês: Base Aérea n.° 1 (B.A.l), a Academia da Força Aérea e o Instituto de Altos Estudos da Força Aérea.

Sensivelmente entre Sintra e Mafra, pela E.N.9., é o principal centro de transformação de rochas ornamentais de Portugal e considerado um dos maiores da Europa. O Convento de Mafra foi construído em pedra liós (uma rocha calcária, esbranquiçada, compacta, dura, contendo, frequentemente, fósseis) da região de Pero Pinheiro.
No capítulo XIX de Memorial do Convento, de José Saramago, assistimos ao transporte, de Pero Pinheiro até Mafra, de uma imensa pedra de trintas e uma toneladas para a varanda do pórtico da igreja:

"Entre Pero Pinheiro e Mafra gastaram oito dias completos. Quando entraram no terreiro... toda a gente se admirava com o tamanho desmedido da pedra, Tão grande. Mas Baltasar murmurou, olhando a basílica, Tão pequena."


Como referenciar: Pero Pinheiro (Sintra) in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-12 21:10:15]. Disponível na Internet: