Peter Drucker

Consultor norte-americano de ascendência austríaca, nasceu a 19 de novembro de 1909, em Viena, e faleceu a 11 de novembro de 2005, em Claremont, Los Angeles. Doutorou-se em Direito Internacional na Universidade de Frankfurt, em 1931. No início dos anos 30, o crescimento da pressão e censura do governo nazi, de que também foi vítima, levou-o a mudar-se para Londres, onde trabalhou num banco de investimento, tendo emigrado em 1937 para os Estados Unidos da América, onde lecionou Filosofia na Universidade de Nova Iorque e foi correspondente de alguns jornais britânicos. Foi, então, convidado pelo presidente da General Motors para fazer uma auditoria sobre a gestão da empresa. As suas opiniões sobre os métodos utilizados na gestão da empresa foram publicadas numa obra que constituiria o seu primeiro livro de sucesso: The Concept of the Corporation. Esta obra é a primeira análise sistemática e coerente sobre a gestão de grandes empresas, introduzindo a teoria da estrutura organizacional e a descentralização do poder em pequenas unidades autónomas.
Em 1971 mudou-se para a Claremont Graduate University, na Califórnia, instituição de ensino onde se manteve até 2002. Aí, contribuiu para a organização do programa primeiro curso do país em gestão de negócios para profissionais.
Foram várias as suas publicações, das quais se destacam: The Practice of Management (1954), onde defende que a razão de ser das empresas é criar consumidores. Introduziu também nesta obra o conceito de Gestão por Objetivos; em The Age of Discontinuity (1968), desenvolveu o conceito de privatização; na obra Management: Tasks, Responsabilities and Practices (1973) definiu as tarefas dos executivos: fixar objetivos, organizar a empresa, motivar e comunicar, medir o desempenho e desenvolver as competências das pessoas; em Managing for the Future (1992), chamou a atenção para a emergência do trabalhador do conhecimento; em The Post-Capitalist Society (1993), fez uma abordagem profunda e sistemática da sociedade da informação e do conhecimento; dedicou a sua obra Managing the Non-Profit Corporationà (1994) à gestão das organizações sem fins lucrativos em franco crescimento; em Management Challenges for the 21st Century (1999), Peter Drucker audaciosamente pôs tudo em causa, afirmando que é preciso cortar com o passado e que tudo o que hoje se ensina está errado.
Em 2002, ano em que publicou Managing in the Next Society, recebeu a Medalha da Liberdade entregue pelo presidente norte-americano George W. Bush.
Como referenciar: Peter Drucker in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-05-25 12:34:44]. Disponível na Internet: