Porto Moniz

Aspetos Geográficos
O concelho de Porto Moniz, do arquipélago da Madeira, localiza-se na Região Autónoma da Madeira (NUT II e NUT III). Ocupa uma área de 82,4 km2 e abrange quatro freguesias: Achadas da Cruz, Porto Moniz, Ribeira da Janela e Seixal.
O concelho apresentava, em 2005, um total de 2779 habitantes. O concelho encontra-se limitado a sul pelo concelho da Calheta, a este por S. Vicente e a norte, nordeste e noroeste pelo oceano Atlântico.
Possui um clima de influência marítima, com verões amenos, em que a temperatura média ronda os 22 °C, e invernos também amenos, com temperaturas geralmente por volta dos 16 °C.
A sua morfologia é bastante acidentada, destacando-se alguns montes com altitudes superiores a 1000 m, como Pedreira (1241 m), Fonte do Barro (1166 m) e Pico Queimado (1339 m). Outros elementos morfológicos de destaque são o ilhéu Mole e o ilhéu das Ceroulas, assim como a Fajã das Palhas e a Fajã Nova.
Como recursos hídricos, a ribeira da Janela, a ribeira da Cruz e a ribeira do Seixal.

História e Monumentos
O povoamento do concelho deu-se em meados do século XVI, quando Francisco Moniz construiu uma capela em redor da qual cresceu a povoação.
A denominação original seria Ponta do Tristão, território que tinha sido doado a Francisco Moniz na sequência do seu casamento com a neta de João Gonçalves Zarco, Filipa da Câmara.
Em 1957, foi-lhe dado o nome de Porto do Moniz, devido à existência de um porto e ao facto de um dos seus moradores mais antigos ter sido Francisco Moniz. Mais tarde, passou a ser apenas Porto Moniz.
O título de sede do concelho foi instituído, definitivamente, em junho de 1898.
Ao património arquitetónico, destacam-se a Capela de Nossa Senhora da Conceição, de meados do século XVI, mandada construir por Francisco Moniz, e a Igreja Matriz, construída entre 1660 e 1668, que possui um altar-mor muito valioso.

Tradições, Lendas e Curiosidades
Das manifestações populares e culturais são de destacar o feriado municipal, no dia 22 de julho, a festa de Nossa Senhora da Conceição, realizada em junho, e a feira de Porto Moniz, mais conhecida como feira do Gado, que é uma importante mostra do setor agropecuário no arquipélago.
No artesanato, referência para os trabalhos em vime, as tapeçarias, os trabalhos em ferro, a tanoaria, os bordados e sapataria.

Economia
No concelho predominam as atividades ligadas ao setor terciário, na área da hotelaria e turismo, logo seguidas pelas atividades do setor secundário, com predomínio das indústrias de panificação, construção civil e energia elétrica. A agricultura tem ainda um peso muito significativo neste concelho, predominando o cultivo de cereais para grão, os prados temporários e as culturas forrageiras, a batata, culturas hortícolas extensivas, frutos, flores, plantas ornamentais e vinha. A pecuária assume também alguma importância, nomeadamente na criação de aves, coelhos e bovinos. Cerca de 60% (32 ha) do seu território está coberto de floresta.
Como referenciar: Porto Moniz in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2018. [consult. 2018-12-09 19:57:05]. Disponível na Internet: