Rafael Nkatunga

Escultor moçambicano nascido em 1951, em Moçambique.
Com um ano de idade, emigrou com os pais para a Tanzânia, onde os seus familiares lhe transmitiram a arte de esculpir madeira. Em 1968, iniciou o seu trabalho de escultor na escola de Bagamoyo e, em 1973, regressando a Moçambique, instalou-se numa base da FRELIMO, apoiando então a luta armada do movimento anti-colonialista. A partir de 1974, estabeleceu-se no planalto de Mueda, na província de Cabo Delgado, onde se dedicou novamente à escultura.
Representado em coleções particulares e públicas, como a do Museu Nacional de Arte, em Maputo, Rafael Nkatunga realizou exposições em Portugal, França, Itália e Cuba. Um dos principais escultores da arte maconde, o artista centra o seu trabalho no tipo de escultura shetani e ujamaa. É, neste último tipo, que Nkatunga revela a sua técnica e talento, sobretudo, devido à dificuldade em tornar a escultura harmoniosa.
Como referenciar: Rafael Nkatunga in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 05:24:04]. Disponível na Internet: