S. Sisto II

Papa de origem grega, eleito a 31 de agosto de 257, foi o continuador de São Lúcio I, no referente à validade do batismo impartido pelos hereges. Defendia, no entanto, que a validade deste mesmo batismo só se verificaria no caso de ter sido invocada a Santíssima Trindade, cedendo também à posição de São Cipriano de Cartago, ao admitir que cada bispo considerasse os seus próprios casos.
Durante o seu pontificado deu-se a perseguição do imperador Valeriano aos cristãos, que entre outras condições proibia as reuniões em cemitérios. Por não seguir esta indicação, o papa foi decapitado na sua cátedra, a 6 de agosto de 258, quando os soldados entraram na catacumba de Pretextato (Roma), acontecendo o mesmo aos diáconos que o assistiam na celebração.
Como referenciar: S. Sisto II in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-11-17 05:10:01]. Disponível na Internet: