Segunda Guerra Sino-japonesa

Nova guerra travada pelo Japão e pela China, entre 1937 e 1945. Em 1931, quando o Japão ocupou a Manchúria, o confronto tornou-se cada vez mais iminente. Em 7 de julho de 1937, na ponte de Marco Polo (perto de Pequim), rebentou finalmente a guerra entre aquelas duas nações. Em finais de 1938 uma boa parte da China estava na posse dos japoneses, com o governo de Chiang Kai-shek retirado na remota Chungking. Apesar do grande auxílio recebido dos Estados Unidos da América, Chiang mostrou-se receoso em empreender uma contraofensiva, preferindo poupar os seus recursos para o futuro combate contra os comunistas, terminada que fosse a guerra. A China acabou por sofrer uma derrota humilhante, concordando por um lado em ceder a Formosa e o Arquipélago dos Pescadores e reconhecendo a "independência" da Coreia.
Como referenciar: Segunda Guerra Sino-japonesa in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-20 01:45:30]. Disponível na Internet: