Vangídeos

Família de aves, da ordem dos passeriformes, constituída por doze espécies que são endémicas em Madagáscar. Têm asas arredondadas, cauda curta e o seu tamanho varia entre 13 e 30 centímetros. O comprimento do bico, sempre forte, é também muito variável. São de várias cores: azul, branca e preta e branca.
Os vangídeos estão aparentados com os picanços e todos se alimentam de insetos ou pequenos vertebrados. Os diferentes géneros, de morfologia e aspeto diferente uns dos outros, traduzem-se também em hábitos diferentes, especialmente na forma de obter os seus alimentos. O vanga-azul (Leptoterus madagascarinus) caça os insetos entre os ramos, o vanga Prévost (Euryceros prevostii) captura osgas, camaleões, lagartixas e pequenos pássaros, o vanga de Lafresnaye (Xenipirostis xenopirostis) tem os hábitos alimentares de um papa-moscas, o vanga-de-bico-curvo (Falculea palliata) apanha pequenos artrópodes que se encontram nas cascas das árvores e os vanga-de-cauda-vermelha (Calicalicus madagascarienses) são sobretudo insetívoros.
A reprodução dos vangídeos é pouco conhecida, tal como acontece com outras características do seu comportamento, pois passam a maior parte da vida escondidos nos matagais das pradarias e nas florestas. Constroem ninhos nas árvores, sendo a postura de três ou quatro ovos de cor branca ou esverdeada, com manchas pardas.
Admite-se que todos os vangídeos descendem de um único tipo ancestral. Com o tempo os seus bicos e hábitos alimentares diversificaram-se permitindo a ocupação da mesma área geográfica, sem existência de competição.
Como referenciar: Vangídeos in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-11 01:09:29]. Disponível na Internet: