Vespasiano

Imperador romano (9-79), de seu nome completo Tito Flávio Sabino Vespasiano, nasceu perto de Rieti, na comarca dos Sabinos. Foi proclamado imperador pelos seus próprios soldados em Alexandria.
Promoveu a pacificação e o aumento do poder romano nas províncias, prosseguindo a conquista da Bretanha e combatendo a revolta judaica iniciada em 66, esmagada violentamente em 70, culminando com a destruição de Jerusalém por Tito, seu filho, a quem entregou o cargo de prefeito da Guarda Pretoriana e nomeou seu sucessor conjuntamente com o irmão mais novo Domiciano.
O período da sua governação ficou marcado por uma eficaz administração económica quer na capital do império quer nas províncias, com um aumento significativo do tributo anual e a implementação de medidas económicas muito mais severas, o que permitiu atingir níveis de progresso assinaláveis nas finanças do Estado, tendo inclusive angariado fundos para a construção do templo dedicado a Júpiter Capitolino e para o Coliseu de Roma.
Como referenciar: Vespasiano in Artigos de apoio Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-08-24 01:16:43]. Disponível na Internet: