Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

António Guterres

Político português, António Manuel de Oliveira Guterres nasceu em 1949, em Lisboa.

Licenciou-se em Engenharia pelo Instituto Superior Técnico, onde lecionou entre 1973 e 1975, e esteve ligado a alguns movimentos católicos juvenis.
António Guterres, eleito primeiro-ministro em 1995
António Guterres foi secretário-geral do Partido Socialista entre 1992 e 2002

Tornou-se militante do Partido Socialista (PS) após a revolução de 25 de abril de 1974 e, nas listas do PS, foi eleito deputado em 1976. Ao longo dos anos, desempenhou diversas funções no partido, sendo apontado, desde o início da década de 1980, como um potencial líder.

Depois de uma derrota eleitoral de Jorge Sampaio, foi eleito secretário-geral do PS em 1992, empenhando-se fortemente na oposição ao Governo de Aníbal Cavaco Silva, para o que procurou consolidar o seu poder dentro do partido e captar o apoio de independentes. Nesse mesmo ano, tornou-se também vice-presidente da Internacional Socialista.

Derrotando o Partido Social-Democrata (PSD), então liderado por Fernando Nogueira, nas eleições legislativas de 1995, foi nomeado primeiro-ministro. Em 1999, após as eleições legislativas, manteve o cargo de primeiro-ministro, no XIV Governo Constitucional. Entre as personalidades mais influentes do seu Governo encontravam-se Jorge Coelho, Jaime Gama e João Cravinho (no XIII Governo Constitucional).

Na sequência dos resultados desfavoráveis ao Partido Socialista nas eleições autárquicas de 2001, António Guterres demitiu-se do cargo de primeiro-ministro, sendo Durão Barroso (do PSD) eleito para seu substituto, após as eleições legislativas de 17 de março de 2002.

Guterres foi o líder da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia de 1 de janeiro a 30 de junho de 2000. Entretanto, ocupava também o lugar de presidente da Internacional Socialista desde 1999, cargo que abandonou em junho de 2005 para poder assumir a posição de alto comissário das Nações Unidas para os refugiados, que manteve até 2015.

Em abril de 2016 passou a integrar o Conselho de Estado português por designação do presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa, e, em outubro do mesmo ano, foi oficialmente designado para exercer as funções de secretário-geral da ONU a partir de 1 de janeiro de 2017.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – António Guterres na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-07-02 03:38:46]. Disponível em

Livros & Autores

Baiôa sem data para morrer

Rui Couceiro

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais