Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais

Cuba

Geografia
País das Caraíbas. Constituído por uma ilha maior e por várias outras mais pequenas, encontra-se situado no oceano Atlântico, a sul do estado da Florida (Estados Unidos da América), quase fechando o golfo do México. Abrange uma área de 110 860 km2. As principais cidades são Havana, a capital, com 2 359 200 habitantes (2004), Santiago de Cuba (564 500 hab.), Camagüey (360 300 hab.) e Holguín (326 600 hab.).
Clima
Paisagem da região de Piñar Del Rio, Cuba
Casa onde viveu Hemingway, nos arredores de Havana
Bandeira de Cuba
Pormenor da Praça José Marti, Havana
Edifício na Praça da Revolução, Havana, Cuba
Playas Del Este, perto de Havana
Vista geral de Havana
Cartaz a Che Guevara, em Viñales
O clima é tropical com duas estações nítidas, a seca, de novembro a abril, e a das chuvas, de maio a outubro. Entre junho e novembro é a época dos furacões que, por vezes, são devastadores.
Economia
Desde 1971 que Cuba começou a diversificar a agricultura. Com o objetivo de reduzir a dependência dos alimentos importados, desenvolveram-se a cultura do arroz e a criação de gado. Mas, mesmo assim, o desenvolvimento económico do país ficou a dever-se aos grandes subsídios concedidos pela União Soviética, entre as décadas de 1960 e de 1980. No entanto, com a desintegração do Bloco de Leste, entre 1990 e 1991, Cuba ficou completamente isolada.
A economia do país é planeada e depende fortemente das exportações do açúcar, do tabaco e do níquel. Os produtos agrícolas cultivados são a cana-de-açúcar, a laranja, a tangerina, a banana, a mandioca, a batata, o tomate, a batata-doce, o arroz e o tabaco. Existem poucos recursos minerais, com exceção das reservas de níquel. A indústria produz tabaco, produtos alimentares, bebidas, produtos químicos, material para os transportes, têxteis, vestuário e produtos de borracha. Os principais parceiros comerciais de Cuba são a Rússia, a Espanha, o Canadá, o México e a Holanda.
Indicador ambiental: o valor das emissões de dióxido de carbono, per capita (toneladas métricas, 1999), é de 2,3.
População
A população é de 11 382 820 habitantes (2006), o que corresponde a uma densidade populacional de 102,35 hab./km2. As taxas de natalidade e de mortalidade são, respetivamente, de 11,89%o e 7,22%o. A esperança média de vida é de 77,41 anos. O valor do Índice do Desenvolvimento Humano (IDH) é de 0,806 e o valor do Índice de Desenvolvimento ajustado ao Género (IDG) não foi atribuído (2001). Estima-se que, em 2025, a população seja de 11 831 000 habitantes. As principais etnias são a mestiça, com 51%, a branca, com 37%, a negra, com 11%, e a chinesa, com 1%. As religiões com maior expressão são a católica, com 40%, e a protestante, com 3%; os ateus representam 55% da população. A língua oficial é o castelhano.
História
Em 1492, Cristóvão Colombo desembarcou em Cuba e, em 1512, os Espanhóis ergueram a primeira cidade em Baracoa. A Espanha foi sempre o país colonizador, exceto durante o período de domínio britânico, em 1762, e até ser derrotada pelos EUA na Guerra Hispano-Americana de 1898. As tropas norte-americanas ocuparam Cuba até 1902, ano em que foi implantado um tratado de independência. Apesar disso, os interesses dos EUA continuaram a dominar a vida económica da ilha. Entretanto, o país foi governado por uma série de ditadores. O último foi Fulgencio Batista, cujo regime corrupto e intolerante durou, com interrupções, de 1933 a 1959. Nesse ano, um grupo de revolucionários chefiado por Fidel Castro, na altura um estudante de Direito, e pelo seu lugar-tenente, Che Guevara, derrubou Batista ao fim de dois anos de uma intensa guerrilha. Seguiram-se prisões e execuções em massa e milhares de cubanos refugiaram-se nos EUA. Cuba voltou-se para a União Soviética em busca de auxílio económico. Algum tempo mais tarde, Fidel Castro proclamou o Estado comunista. Cuba tornou-se a primeira república comunista do hemisfério ocidental.
Em 1961, vários exilados cubanos treinados pela CIA desembarcaram na baía dos Porcos numa tentativa mal-sucedida de provocar uma rebelião. Um ano mais tarde, Cuba foi o detonador que esteve prestes a deflagrar uma nova guerra mundial. Fidel Castro aceitou os planos para instalar bases de mísseis soviéticos na ilha, a apenas 145 km da costa americana da Florida. A marinha dos EUA organizou um bloqueio para impedir que os navios soviéticos transportassem os mísseis para Cuba. Os dirigentes americano e soviético, John F. Kennedy e Nikita Khrushchev, ameaçaram-se mutuamente. Enquanto a comunidade internacional aguardava de respiração suspensa, Khrushchev recuou. Desde essa altura, Cuba tem tentado restabelecer as relações com os EUA.
Partilhar
Como referenciar
Porto Editora – Cuba na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2022-06-30 21:40:23]. Disponível em
Artigos
ver+

Livros & Autores

O Dicionário das Palavras Perdidas

O Crespos

Adolfo Luxúria Canibal

Morte no estádio

Francisco José Viegas

Bom português

puder ou poder?

ver mais

tras ou traz?

ver mais

a folha foi impressa ou imprimida?

ver mais

desfrutar ou disfrutar?

ver mais

caibo ou cabo?

ver mais

extrema ou estrema?

ver mais

brócolos ou bróculos?

ver mais