MOMENTOS WOOK - 20% de desconto em todos os livros

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes

1 min

andorinha (ornitologia)
favoritos

É uma pequena ave da família dos Hirundinídeos. A andorinha-dos-beirais (Delichen urbica) mede cerca de 14 centímetros de comprimento. Reproduz-se na zona do Paliárctico, encontrando zonas adequadas para a temporada de inverno na África etiópica e na Ásia tropical. Nidifica, geralmente, em colónias, nas vilas e cidades mas também em regiões montanhosas.
Instala os seus ninhos de barro, geralmente pendentes, no exterior das construções humanas. O ninho em forma de taça é feito de bolinhas de lama que são transportadas no bico dos adultos. A postura é de quatro ou cinco ovos brancos cuja incubação, feita pelo macho e pela fêmea, dura cerca de 15 dias. Os juvenis nascem cobertos por penugem acinzentada, permanecendo no ninho cerca de três semanas, e depois, já capazes de voar, acompanham os pais durante quinze dias sendo por eles alimentados.
A andorinha alimenta-se de insetos que, na maior parte das vezes, caça no ar. A andorinha-dos-beirais tem o bico curto, pernas com penas, asas esguias e aerodinâmicas; a plumagem da parte superior do corpo é negra e a face ventral é de cor branca.
Andorinha juvenil
Andorinhas dos beirais (Delichon urbica)
Ninho de andorinha
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – andorinha (ornitologia) na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-07-19 10:43:08]. Disponível em

Morro da Pena Ventosa

Rui Couceiro

Pedra e Sombra

Burhan Sönmez

Geração D

Carlos de Matos Gomes