Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

1 min

Aquae Flaviae
favoritos

Povoação romana existente no local onde hoje se ergue a cidade de Chaves. Apesar de haver vestígios castrejos que apontam para uma ocupação anterior, a cidade foi fundada no ano de 78 a. C., época em que o Império Romano era comandado por Flávio Vespasiano, e é batizada com o nome de Aquae Flaviae ou Aquae Flavial.
A abundância e qualidade das águas minerais desta região, bem como as vastas reservas de águas alcalinas no seu subsolo, podem estar na origem do seu nome.
Aquae Flaviae encontra-se ainda numa localização geograficamente privilegiada por ser o ponto de ligação de várias vias e regiões, sendo ponto de escala na via entre Bracara Augusta (Braga) e Asturica (Astorga), o que lhe confere uma enorme importância no processo de ocupação e colonização romanas.
A Ponte de Trajano, em Chaves, sobre o leito do rio Tâmega
Entre os vestígios deixados pela civilização romana, destaca-se a ponte em cantaria de granito, datada do século I d. C., que constitui o mais belo exemplar do seu género em Portugal.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Aquae Flaviae na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-03-02 08:09:54]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto