Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

ave-do-paraíso
favoritos

Designação de quarenta e duas espécies de aves da família dos Paradiseídeos, das quais 32 espécies vivem nas florestas tropicais da Austrália e Nova Guiné e duas nas vizinhas ilhas Molucas. São poligâmicas e tem um dimorfismo sexualmente muito marcado. Na sua maioria os machos são extraordinariamente coloridos e as suas caudas ornadas por longas plumas. Alguns apresentam poupas ou tufos de penas. A ave-do-paraíso-azul (Paradisea rudolphi) vive nas florestas tropicais do leste da Nova Guiné. Os machos adultos só se juntam às fêmeas na época da reprodução em que se exibem, isoladamente, em paradas nupciais. As fêmeas são gregárias e vivem em grupos com os machos jovens. O macho desta espécie tem um comprimento total de 63 centímetros e a fêmea de 29 centímetros. Possui bico branco e forte e orla ciliar branca. O pescoço e papo são negros lustrosos e apresentam uma orla vermelha no peito. Os flancos com formosas penas sedosas azul-cobalto e outras longas e fortes com barbas muito soltas e rosadas. Uma cauda curta com duas grandes retrizes de cor parda e rematadas numa mancha azul. Na época da reprodução a fêmea coloca num ninho, em forma de taça, pouco fundo, construído numa árvore baixa, um ou dois ovos.
A diferença de tamanho entre os indivíduos de sexos diferentes deve-se as longas guias existentes na cauda do macho.
Ave-do-paraíso da família dos Paradiseídeos
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – ave-do-paraíso na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-19 00:53:55]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe