Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Castelo de Viana do Alentejo
favoritos

Notável obra de arte portuguesa, o medieval Castelo de Viana do Alentejo é uma das mais harmoniosas e sólidas construções militares do território nacional. Após a morte de D. Martim Gil, senhor desta povoação alentejana, D. Dinis tomou posse de Viana do Alentejo e subsidiou a construção do castelo, decorria o ano de 1313.

No essencial, a volumetria inicial deste castelo mantém-se. Contudo, um novo pavimento urbano preencheu os fossos e destruiu as pontes de alvenaria que o cruzavam.
Na muralha norte abre-se o portal principal que dá acesso à praça de armas, passando-se sobre um túnel coberto por gótica abóbada de nervuras. O castelo desenha uma planta pentagonal e apresenta grossos panos de alvenaria, reforçados por cilíndricos cubelos, o maior dos quais foi convertido na Torre de Menagem. Largos merlões rasgados por troneiras protegem o topo das muralhas.

Porta do Castelo de Viana do Alentejo
Castelo de Viana do Alentejo
Em 1481, D. João II decidiu reunir as cortes em Viana do Alentejo, fazendo do seu castelo habitação temporária, situação que voltaria a ocorrer em 1489. Pouco tempo depois realizavam-se os esponsais de seu filho, o malogrado príncipe D. Afonso, com D. Isabel de Castela. Devido a tão relevantes acontecimentos, D. João II ordenou que se procedesse a remodelações no castelo e na igreja matriz, empreendimento que prosseguiu com D. Manuel I, sob a direção dos arquitetos Martim Lourenço e Diogo de Arruda.

Este renovação construtiva acrescentou maior beleza, introduzindo um novo pano de muralhas ameadas, ao mesmo tempo que coroava a matriz de merlões chanfrados, bem como de agulhas e coruchéus cónicos, dentro de uma linguagem artística manuelina de inspiração mudéjar. Intramuros, o castelo complementa-se com os notáveis volumes das igrejas da Misericórdia e da Matriz, da antiga Câmara Municipal, da Capela de Santo António, valorizados ainda pela harmonia natural dos tranquilos jardins envolventes.

Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Castelo de Viana do Alentejo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-19 23:45:22]. Disponível em
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Castelo de Viana do Alentejo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-19 23:45:22]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe