Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

dragão do Komodo
favoritos

Réptil da família dos Varanídeos, também conhecido como varano ou varano do Komodo (Varanus komodoensis), é um animal de aspeto pesado, que caminha lentamente balançando o corpo e arrastando a cauda. É o maior lagarto do mundo e parece descender de uma raça ancestral que existia na Austrália quando as ilhas de Sonda, a que pertence a ilha de Komodo, estavam ainda ligadas ao continente australiano. De cor verde-pardacenta, com manchas avermelhadas circulares, o seu comprimento pode atingir os 4 metros e o seu peso varia entre os 120 e os 150 quilos.
O corpo ligeiramente achatado tem uma cauda tão longa como a cabeça e o corpo. As patas são curtas e fortes providas de dedos com garras compridas. A língua é comprida, fina e bífida. Este saúrio é extraordinariamente voraz e não hesita em matar javalis, veados e pequenos búfalos. Não conseguindo perseguir presas rápidas, o dragão de Komodo caça de emboscada. Alimenta-se também de insetos, roedores, ovos, veados, macacos, etc.
Quando se sente ameaçado incha a garganta, levanta a parte traseira do corpo e dobra a cauda preparando-se para golpear.
O dragão das ilhas de Komodo é considerado por alguns a última espécie de dinossáurios ainda viva nos nossos dias
O dragão do Komodo juvenil é de cor mais escura que a do adulto e com manchas vermelhas em todo o corpo. As bandas verticais esverdeadas que então possui desaparecem no estado adulto.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – dragão do Komodo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-24 02:13:47]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe