Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Edmund di Giulio
favoritos

Técnico de cinema norte-americano nasceu a 13 de junho de1927, nos Estados Unidos, e morreu a 4 de junho de 2004, na Califórnia, aos 76 anos.
Licenciou-se na Universidade de Columbia e em 1950 foi trabalhar na IBM, de onde passou para a Mitchell Camera para fazer pesquisa na área de desenvolvimento de novas tecnologias de cinema. Foi nesta empresa que desenvolveu um sistema de visão através de reflexos para câmara de filmar que lhe valeu a atribuição, por parte da Academia de Cinema de Hollywood, de um Óscar de engenharia e ciência em 1969.

Entretanto, em 1968 tinha fundado a empresa Cinema Products, onde desde logo desenvolveu umas câmaras de filmar próprias para jornalismo televisivo.

Na década de 70 chefiou uma equipa que criou o Steadicam, um sistema de câmara que permite filmagens à mão com estabilidade de imagem equiparável à de câmaras fixas. Este sistema foi pela primeira vez utilizado no filme Bound for Glory, de 1976. Na altura Di Giulio presidia à empresa Cinema Products, onde trabalhava o cameraman Garrett Brown, o inventor da câmara. Garrett e a equipa de engenheiros da Cinema Products receberam um Óscar da Academia em 1978 devido a este novo sistema.

Em paralelo, Edmund DiGiulio foi trabalhando diretamente com realizadores como Stanley Kubrick. Colaborou em Clockwork Orange (A Laranja Mecânica), de 1971, e em Barry Lyndon, de 1975. Para este filme concebeu câmaras mais sensíveis à luz que permitiram registar cenas interiores noturnas passadas à luz de velas.

Em 1993 e 1999 voltou a receber Óscares técnicos por desenvolvimentos para câmaras e sistemas de filmagem e em 2002 recebeu um Óscar de carreira pelo seu contributo para a indústria do cinema.

Ao longo da sua vida, Edmund Di Giulio patenteou mais de uma dezena de ideias em tecnologia de cinema e de computadores. Dedicou-se também a dar conferências por todo o mundo.
 

 

Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Edmund di Giulio na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-22 13:03:18]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe