Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Henrique Pousão
favoritos

Pintor português, Henrique César de Araújo Pousão nasceu em 1859, em Vila Viçosa. Em 1872 inscreveu-se na Academia Portuense de Belas-Artes, tendo partido em 1880 como bolseiro para Paris. Foi discípulo de Ivon e Cabanel. Esta estadia viria, contudo, a afetar-lhe definitivamente a saúde. Procurou em Itália condições climatéricas mais favoráveis, e da sua passagem por Roma ficariam alguns notáveis retratos, entre os quais o de Cecília. Estabeleceu-se finalmente em Capri até 1883. Aí aperfeiçoou o sentido da luz e a dimensão da cor, que soube exprimir como nenhum outro artista da sua geração. De volta a Portugal, morreu de tuberculose em Vila Viçosa, em 1884.
Muitas das suas obras constam de pequenas tábuas (paentes no Museu Nacional Soares dos Reis, por exemplo), apontamentos pictóricos que marcam a busca de uma estética muito pessoal, afastada do puro descritivismo, mas igualmente dos processos impressionistas. Em Casa das Persianas Azuis, Vista de Capri e Casas Brancas de Capri, a arquitetura mediterrânica serve de pretexto a uma geometrização das formas, a uma preocupação pela estrutura e pelo elaborar de uma pintura enquanto espaço autónomo. Esta atitude poderá ser encontrada, por exemplo, em Paul Cézanne, ou mesmo nos começos do Cubismo.
"A casa de Persianas Azuis", óleo sobre madeira de Henrique Pousão, 1883
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Henrique Pousão na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-30 18:00:41]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe