Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Igreja das Servas
favoritos

Erguida na freguesia de S. Bartolomeu da cidade alentejana de Borba, distrito de Évora, a Igreja Conventual das Servas pertencia a um antigo convento que acolheu uma comunidade feminina denominada de Servas de Cristo e que foi edificada no século XVII, de acordo com a austeridade da convencionada "arquitetura chã".
A Igreja das Servas é um edifício religioso invulgar, dado que as diferentes partes da sua volumetria se combinam numa estranha arquitetura global.
Construção austera do século XVII, enquadrando-se o templo e o convento na denominada "arquitetura chã" seiscentista (maneirismo tardio), esta apresenta uma dinâmica decoração transmitida pelo jogo colorido dos seus mármores, desenhando diversos motivos geométricos, em contraste com a linearidade das suas diversas aberturas. Algo desproporcionada é a sua empena, sendo a fachada flanqueada por uma pequena torre sineira coberta por uma cúpula bolbosa pouco desenvolvida.
Encostado à pequena igreja está o edifício conventual, também austero e de contida decoração, com a sua longa fachada apenas ritmada por duas elegantes portas de frontão triangular, encimadas por um brasão e animada ainda pelas janelas com frontão curvo. Sobressai na parte superior uma larga torre retangular, marcada por contrafortes e coberta por telhado de quatro águas.
O interior da igreja é simples, composto por uma nave única e pela capela-mor. As suas paredes são forradas por bonitos azulejos de padrão seiscentistas e por tapetes azulejares que se prolongam nos dois coros da igreja. Da mesma época são os elegantes frescos que cobrem o seu teto. As várias composições dos altares de talha dourada são enquadradas por formosos arcos de mármore.
Na parte conventual, o destaque vai para o seu acolhedor claustro de dois pisos, mais austero na galeria inferior, enquanto que na parte superior corre uma elegante varanda. No centro do pátio está uma fonte com um revestimento de azulejos do século XVII.
Esta igreja conventual, o seu claustro e a torre foram classificadas como Imóvel de Interesse Público (I.I.P.) no ano de 1944.

Igreja das Servas em Borba
Portas de frontão triangular da Igreja das Servas em Borba
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Igreja das Servas na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-06-18 04:13:45]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe