Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Júlio III
favoritos

Papa italiano, nascido em Roma, a 10 de setembro de 1487, João Maria Ciocchi del Monte era filho de um conceituado jurista. Estudou com Rafael Brandolini, cursando depois Direito nas universidades de Perugia e de Siena. Foi camareiro pontifício, cardeal, em 1513 arcebispo de Siponto (na Manfredonia) e oito anos depois de Pavia. Desempenhou também cargos como governador de Roma, auditor da Câmara Apostólica e cardeal de São Vital, tendo também representado Paulo III no Concílio de Trento. Este Concílio, que tinha sido suspenso a 13 de setembro de 1549, foi por ele retomado, a 1 de maio de 1551. Nas sessões realizadas, além de se terem feito determinações acerca dos benefícios, da reforma da jurisdição episcopal e dos costumes clericais, foram ainda instituídos dogmas concernentes à extrema-unção, à eucaristia e à penitência. Não tendo participado desde o início clérigos de doutrina protestante, estes chegaram em 1552, pretendendo retornar ao conciliarismo, ou seja, a superioridade da autoridade de um concílio sobre qualquer decisão tomada pelo bispo de Roma. Esta pretensão não teve qualquer sucesso, e o Concílio foi de novo interrompido a 28 de abril de 1552.
O seu papado ocorreu de 8 de fevereiro de 1550 a 23 de março de 1555.
Foi neste papado que se restabeleceram as relações com a Igreja de Inglaterra, ao subir ao trono Maria Tudor, e a excomunhão foi levantada em 1554.
Júlio III viu-se obrigado a lidar com problemas causados pelas cedências territoriais que Clemente VIII teve de fazer na sequência do saque de Roma pelo imperador Carlos V, em 1527. Foi assim que, em 1551, a Santa Sede entrou mais uma vez em guerra, desta vez contra Octavio Farnese, a quem tinha sido dado o ducado de Parma. Esta doação foi contestada pelo imperador Carlos V, aliando-se então Octávio ao rei de França, contra o papa e o imperador. Júlio III acabou por se desligar do conflito em 1552, que continuou ainda por mais quatro anos.
Este pontífice foi inumado na basílica de São Pedro do Vaticano.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Júlio III na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-24 17:20:14]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe