Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Lenda das Amendoeiras Em Flor
favoritos

Há muitos séculos, reinava em Chelb, a futura Silves, o rei Ibn-Almundim. Este rei nunca tinha conhecido uma derrota.
Um dia, entre os prisioneiros de uma batalha, viu a linda Gilda, uma princesa loira de olhos azuis e porte altivo. Impressionado, o rei mouro deu-lhe a liberdade.
Conquistando progressivamente a confiança de Gilda, confessou-lhe o seu amor e pediu-a em casamento.
Foram felizes durante algum tempo, até que, um dia, a bela princesa do Norte adoeceu sem razão aparente.

Um velho cativo das terras do Norte pediu para ser recebido pelo rei e revelou-lhe que a princesa sofria de nostalgia da neve do seu país distante. Então, Ibn-Almundim mandou plantar por todo o seu reino muitas amendoeiras.
Na primavera seguinte, o rei levou Gilda à janela do terraço do castelo. Ao ver as flores brancas das amendoeiras, a princesa começou a sentir-se melhor, pois davam-lhe a ilusão da neve. Gilda ficou curada da saudade que sentia.

Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Lenda das Amendoeiras Em Flor na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-24 02:09:10]. Disponível em
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Lenda das Amendoeiras Em Flor na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-24 02:09:10]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe