Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

2 min

Morcheeba
favoritos

Banda pop inglesa, formada em Dover, pelos irmãos Paul e Ross Godfrey em 1995 aos quais se juntou a vocalista Skye Edwards. O caminho do grupo passou, em primeiro lugar, pela editora China onde lançaram vários EPs e singles, casos de "Trigger hippie" e "Never an easy way". Passado um ano, em 1996, os Morcheeba lançam o seu primeiro álbum, Who can you trust?. O disco serviu como uma apresentação, seguido de uma digressão mundial, na qual fizeram a primeira parte de concertos dos Live e de Fiona Apple. O reconhecimento foi de tal ordem que David Byrne pediu aos Godfrey que trabalhassem no seu álbum Feelings. A música dos Morcheeba ultrapassou até uma barreira normalmente difícil para os agrupamentos britânicos, o mercado americano. Utilizando somente o esforço das suas criações, o trio conquistou a América. A junção da criatividade de Paul, nas teclas e nas capacidades técnicas de mistura e utilização de samples, com a capacidade natural de Ross para a guitarra e a preferência pelos blues mostraram-se decisivas. Em 1998 surgiu Big Calm. O álbum constituiu um novo passo evolutivo na progressão dos Morcheeba. O trabalho viajou dentro de géneros diferentes, com incursões no hip-hop, soul e variações psicadélicas no funk e na música eletrónica. O disco acabou por vender mais de um milhão de cópias e deu uma reputação ainda mais consolidada ao trio inglês. A edição do novo longa duração, Fragments of freedom, esperou dois anos. O carácter único das suas criações ficou novamente provado. O álbum refletiu desta vez ambientes claramente pop. O trabalho é identificado pelos seus membros como uma produção quase inconsciente, feito com imediatismo e espontaneidade. Em julho de 2002, chegou às lojas Charango, um álbum que teve direito a apresentação em Portugal, num concerto em Belém, integrado na programação do festival Isle of MTV. O disco contava com a participação de Kurt Wagner (Lambchop) e de Pace Won, tornando-se possivelmente o melhor disco do grupo.
Em 2003, foi lançado Parts Of The Process, em edição especial com um DVD extra. O registo era uma compilação de 18 faixas, cobrindo os cinco álbuns e sete anos de carreira do grupo. O DVD extra incluía material ao vivo de uma atuação brilhante na Brixton Academy, em Londres, no ano de 2002.
Capa de "Charango", dos Morcheeba, um álbum que, em 2002, foi apresentado num concerto em Portugal
Capa do álbum "Parts of the Process", dos Morcheeba, editado em 2003
Skye Edwards, a vocalista dos Morcheeba
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Morcheeba na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-03-03 13:26:39]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto