Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

2 min

Paul Muni
favoritos

Ator norte-americano, de origem austríaca, nascido a 22 de setembro de 1895 em Lemberg e falecido em 25 de agosto de 1967 em Montecito, no estado da Califórnia, vítima de insuficiência cardíaca. Especializou-se na construção de papéis biográficos. Era filho de atores itinerantes de teatro que partiram para os Estados Unidos em 1902, procurando melhores condições de vida. Em 1907, já desempenhava pequenos papéis teatrais, demonstrando que desejava seguir as pisadas dos progenitores. Aos 15 anos, era já protagonista de peças na companhia do ator judeu Maurice Schwartz, tendo chegado rapidamente à Broadway, onde se tornou figura de topo. O seu êxito levou a que os produtores da Fox lhe propusessem um contrato cinematográfico. Causou furor no seu filme de estreia: The Valiant (1929) onde foi nomeado para o Óscar de Melhor Ator pelo seu desempenho de assassino aguardando a execução. No seu filme seguinte, desempenhou sete personagens diferentes, entre as quais as de Napoleão e Don Juan em Seven Faces (1929). Após um regresso à Broadway, voltou ao cinema, obtendo três nomeações para o Óscar de Melhor Ator entre 1932 e 1937. A primeira foi por I Am a Fugitive From a Chain Gang (Eu Sou um Evadido, 1932), seguindo-se a recriação do famoso cientista Louis Pasteur em The Story of Louis Pasteur (A Vida de Pasteur, 1936), papel que desempenhou com maestria e que lhe valeu o Óscar para Melhor Ator, suplantando nesse ano nomes mais consagrados como Gary Cooper e Spencer Tracy. Na senda dos personagens históricos, interpretou o escritor francês Emile Zola e o seu envolvimento no Caso Dreyfuss em The Life of Emile Zola (A Vida de Zola,1937). Apesar de consagrado pelos seus pares, era considerado pelos produtores como um ator pouco eletrizante e que não atraía o público. Na década de 40, participou numa série de filmes de qualidade medíocre, algo que o levou a desejar voltar à Broadway. Aqui protagonizou, em 1955, aquela que viria a ser a sua atuação teatral mais célebre: O Vento Será a Tua Herança de Robert E. Lee. O seu último filme terá também coincidido com a sua melhor atuação cinematográfica: em The Last Angry Man (A Última Ira, 1959) interpretou um velho médico que vê a sua vida ser transposta para uma série televisiva. Nesse mesmo ano, o agravamento dos seus problemas cardíacos obrigaram-no a abandonar a vida artística.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Paul Muni na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-03-02 19:21:45]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto