Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

plantas perenes
favoritos

As plantas perenes vivem mais de dois anos e subdividem-se em dois grupos: herbácias perenes, tais como muitas espécies de gramíneas, espargos, ruibarbo, flor-de-lis, etc., que não têm tecido lenhoso na sua constituição, e lenhosas perenes, que são caracterizadas por possuírem estruturas lenhosas e incluírem plantas sarmentosas como a videira, arbustos como o rododendro, azáleas, etc., e árvores como o pinheiro, eucalipto, carvalho, macieira, pereira, cerejeira, diospireiro, etc.
Muitas plantas perenes têm fases de crescimento vegetativo que se prolongam por enormes períodos de tempo. Algumas espécies de árvores, como, por exemplo, a nogueira, podem crescer na fase juvenil, fase não reprodutiva, mais de 20 anos. Uma vez maduras, as plantas perenes entram na fase reprodutiva que ocorre em cada sequente crescimento sazonal. A nogueira depois de produzir os primeiros frutos continua a sua produção uma vez por ano durante toda a vida. Os períodos de grande pressão ambiental, tais como uma prolongada seca, podem causar uma grande redução na produção de sementes e afetar a expansão das plantas perenes.
O termo "ano-tipo" descreve o ano em que as árvores tais como o carvalho, a nogueira americana e as faias, produzem em grande abundância frutos e sementes. Os anos tipo são importantes porque aumentam a possibilidade de reprodução com sucesso, e a quantidade de sementes está disponível em quantidade para muitos animais como os esquilos e as aves.
O pinheiro é uma planta perene
Os pinheiros são plantas lenhosas perenes, cujas fibras são excelentes para o fabrico de pasta de papel
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – plantas perenes na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-24 03:01:32]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe