Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

< 1 min

Prémio Camões
favoritos

Considerado o prémio literário mais importante no universo da lusofonia, é atribuído anualmente, desde 1989, por um júri internacional. Nesse ano, o laureado foi Miguel Torga. Seguiram-se, entre outros, João Cabral de Melo Neto, José Craveirinha, Vergílio Ferreira, Raquel de Queiroz, Jorge Amado, José Saramago, Eduardo Lourenço, Pepetela, Antonio Candido, Sophia de Mello Breyner Andresen, Eugénio de Andrade e Maria Velho da Costa.
José Saramago, Prémio Camões em 1995
Vergílio Ferreira foi galardoado com o Prémio Camões em 1992
Rachel de Queiroz foi galardoada com o Prémio Camões em 1993
José Craveirinha foi galardoado com o Prémio Camões em 1991
Miguel Torga foi galardoado com o Prémio Camões em 1989
O Prémio Camões foi atribuído a Sophia de Mello Breyner em 1999
Em 2001, Eugénio de Andrade foi distinguido com o Prémio Camões
Pepetela foi galardoado com o Prémio Camões em 1997
Maria Velho da Costa foi distinguida com o Prémio Camões em 2002
Em 2003 Rubem Fonseca recebeu o Prémio Camões
Na sua qualidade de ensaísta, Eduardo Lourenço recebeu, em 1996, o Prémio Camões
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Prémio Camões na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-22 07:44:54]. Disponível em
Outros artigos
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Prémio Camões na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-22 07:44:54]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe