Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

processo de Ostwald
favoritos

O processo de Ostwald, como o próprio nome indica, foi inventado em 1902 pelo químico alemão Wilhelm Ostwald (1853-1932) e é usado para a produção de ácido nítrico (HNO3). O processo utiliza o amoníaco (NH3) produzido pelo processo de Haber.
A amónia é aquecida com um catalisador de platina para formar óxido nítrico (NO), que é oxidado para produzir dióxido de azoto (NO2), que reage com a água produzida anteriormente originando finalmente o ácido nítrico.
Este processo é de grande importância para a indústria, tendo sido mais tarde substituído pelo processo Haber-Bosh, tornando a produção de amónia mais económica. Porém, a combinação dos dois processos possibilitou aos alemães sintetizarem explosivos durante a Primeira Guerra Mundial. Desde então estes processos são usados a nível mundial tanto para produzir explosivos como fertilizantes.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – processo de Ostwald na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-24 02:50:46]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe