Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

psicologia comparada
favoritos

A psicologia comparada é um campo da psicologia que, de um ponto de vista comparativo, estuda as diferenças de comportamento entre as várias espécies existentes.
Esta vertente é, por vezes, confundida com a etologia mas, esta última, difere em muitos pontos importantes. Por exemplo, a etologia é uma ciência que estuda os animais de espécies diferentes, observados no seu meio ambiente habitual, enquanto que a psicologia comparada observa-os em laboratório.
Os seus estudos e as suas investigações desempenham um papel importante na psicologia diferencial (que estuda as diferenças individuais entre os sujeitos), que faz uso do seu método: o método comparativo. Este utiliza grupos que são delimitados e distinguidos com base em determinados fatores (variáveis) como, por exemplo, o fator sexo ou o fator idade.
Apesar da seleção dos grupos de estudo ser realizada com base em determinadas variáveis (fatores estabelecidos), as mesmas já existem antes de qualquer investigação começar. Assim, a psicologia comparada limita-se à comparação dos resultados alcançados pelos grupos que participam na investigação.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – psicologia comparada na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-05-19 00:52:01]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe