Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

1 min

Serra dos Candeeiros
favoritos

Serra do distrito de Leiria, com a altitude máxima de 485 metros, com orientação nor-nordeste/su-sudoeste. Está integrada no Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros, constituindo um dos melhores exemplares do relevo cársico em Portugal. Neste contexto, apresenta formas curiosas, como, por exemplo, lapiez, dolinas, "polja", vales secos, grutas e algares. As suas numerosas grutas constituem habitats particularmente favoráveis à presença de morcegos. Esta zona é ainda rica em calcário de cor clara e baixa dureza, muito utilizado tanto na construção da calçada portuguesa, como na de mosteiros (Alcobaça e Batalha). Hoje em dia é utilizado como rocha ornamental.
A formação vegetal predominante é o garrigue - vegetação pouco densa, onde abundam plantas aromáticas -, os sobreiros e as azinheiras.
Juntamente com a serra de Aire, esta serra é conhecida por Maciço de Porto de Mós ou Maciço Calcário Estremenho.
Serra de Candeeiros, parte integrante do Maciço Calcário Estremenho, no distrito de Santarém
O Parque Natural das Serras de Aire e Candeeiros insere-se no Maciço Calcário Estremenho
Divisão de terras de pasto, na Serra de Candeeiros
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Serra dos Candeeiros na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-03-03 16:12:53]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto