Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto

1 min

Tomada da Bastilha
favoritos

Conquista da velha fortaleza-prisão pela turba revolucionária, após um combate de cerca de quatro horas, desenrolada em condições obscuras, no dia 14 de julho de 1789.

A Tomada da Bastilha é de um grande simbolismo, com a maior parte dos historiadores a atribuírem a este episódio o início da Revolução Francesa, embora ela tivesse sido iniciada, em termos políticos e ideológicos, dois anos antes. A Tomada da Bastilha representa a passagem de um poder a outro, do poder aristocrático e da corte ao do povo e da burguesia. Contra a coroa ergue-se doravante o povo e os seus representantes, para quem o poder está nas assembleias.
A Tomada da Bastilha, por pintor anónimo (patente no Palácio de Versalhes)

A revolta da burguesia, a que se junta a oposição camponesa, leva ao desmoronamento do antigo regime. A partir da Tomada da Bastilha nada ficará como antes.

Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Tomada da Bastilha na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-02-26 01:40:11]. Disponível em
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Tomada da Bastilha na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-02-26 01:40:11]. Disponível em

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

O Livro de San Michele

Axel Munthe

Peregrinação

Fernão Mendes Pinto