Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Valentiniano III
favoritos

Imperador romano do Ocidente (?-455 d. C.), reinou entre 425 e 455, já na fase da decadência do Império. No seu reinado, os Vândalos instalaram-se no Império, tal como os Hunos, e pouco de relevante fez este imperador, apesar de ter estado muitos anos à frente dos seus destinos.
Valentiniano deve o seu trono ao primo Teodósio II, imperador do Oriente. Ascendeu ao trono imperial a 23 de outubro de 425, tinha apenas seis anos. Inicialmente, sua mãe, Gala Placídia, exerceu as funções de regente, mas a partir de 433 o poder passou para as mãos do comandante-em-chefe Ézio. Apesar da intervenção de dois exércitos do Oriente, Valentiniano foi obrigado a permitir aos Vândalos que se estabelecessem em África, em 442. Em 449, a traição de sua irmã Honória fez com que Atila e os seus Hunos invadissem o império do Ocidente. Ainda que Ézio tenha conseguido uma importante vitória nas imediações de Troyes, na Gália, em 452 os invasores puderam entrar na Itália. Destes acontecimentos catastróficos aproveitaram-se os adversários de Ézio, que persuadiram Valentiniano III a desembaraçar-se dele. Ézio acabou pois assassinado pelo próprio imperador, corria o ano de 454. Mas pouco depois, a 16 de março de 455, subitamente, dois soldados do corpo da guarda à ordens de Ézio vingaram-se de Valentiniano III, assassinando-o.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Valentiniano III na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-17 18:17:39]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe