Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe

1 min

Vicente Amigo
favoritos

Guitarrista flamenco espanhol, nascido em 1967, em Guadalcanal, Sevilha. Iniciou os seus estudos em Córdoba e, desde logo, começou a tocar profissionalmente, ingressando depois na banda de Manolo Sanlúcar. Aqui tocou cinco anos como guitarrista, até que decidiu enveredar por uma carreira a solo. Depois de participar em vários festivais musicais, onde foi galardoado com inúmeros prémios, conseguiu a sua primeira consagração de renome: o Prémio Ramón Montoya de Guitarra do XII Concurso Nacional de Arte Flamenco de Córdoba, em 1989.
Em 1991, editou o seu primeiro álbum De Mi Corazon al Aire. Em 1992, compôs "Concierto Flamenco para un Marinero en Tierra", que viria a estrear no Festival de Córdoba, com a participação da Orquestra Sinfónica de Cuba, dirigida pelo maestro Leo Brouwer, responsável também pelos arranjos e orquestração. Este concerto viria a ser editado em 1997.
Em outubro de 1995 foi editado Vivências Imaginadas, que correspondeu às expectativas criadas pelo público e pela crítica, após o primeiro álbum.
A par de tudo isto, produziu e compôs inúmeros álbuns para artistas como Remédios Amaya e José Mercer, entre outros.
Nos finais da década de 90 do século XX foi galardoado com uma série de prémios, entre os quais se destacam os de "Melhor Artista Flamenco" e "Melhor Compositor Flamenco".
Entre os seus concertos, salienta-se um de 1993, em Lisboa, no qual dividiu o palco com outros três mestres da guitarra: Paco de Lucia, Al di Meola e John Mclaughlin.
Partilhar
  • partilhar whatsapp
Como referenciar
Porto Editora – Vicente Amigo na Infopédia [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2024-04-18 02:30:56]. Disponível em

Geração D

Carlos de Matos Gomes

Amar em caso de emergência

Vera dos Reis Valente

Deus na escuridão

Valter Hugo Mãe