água

á.gua
ˈaɡwɐ
nome feminino
1.
líquido incolor e transparente, insípido e inodoro, composto de hidrogénio e oxigénio, de fórmula química H2O
2.
líquido semelhante a este ou em que este predomina
3.
hidrosfera
4.
chuva
5.
secreção de natureza orgânica, como o suor, a saliva, as lágrimas, etc.
6.
infusão, caldo, cozimento
7.
vertente de um telhado
8.
limpidez das pedras preciosas
9.
Brasil embriaguez
10.
plural ondas, mar
11.
plural urina
12.
plural saco que contém o líquido amniótico e se rompe antes do parto
RELIGIÃO água benta
água utilizada pelo sacerdote no batismo e noutras cerimónias religiosas
QUÍMICA água de cal
solução aquosa de hidróxido de cálcio
QUÍMICA água destilada
água isenta de sais minerais, obtida por destilação
água doce
água que contém pouco cloreto de sódio
água lisa
água não gaseificada
água mineral
água natural com elevada percentagem de substâncias minerais em dissolução, utilizada geralmente para fins terapêuticos
(provérbio) água mole em pedra dura tanto bate até que fura
a tenacidade vence todas as dificuldades
(provérbio) águas passadas não movem moinhos
o que lá vai lá vai
águas cinzentas
águas residuais domésticas provenientes de canalizações isentas de matéria fecal e urina, que podem ser reutilizadas para usos secundários (lavagens, rega, etc.)
águas negras
águas residuais domésticas que contêm matéria fecal e/ou urina, requerendo, por isso, tratamento de desinfeção adequado antes de eventual reutilização
águas territoriais
extensão marítima sobre a qual cada Estado exerce a sua soberania
claro como água
evidente, indiscutível
dar água pela barba
ser muito difícil, muito penoso
fazer água na boca
expressão utilizada para referir algo saboroso ou muito desejável, aludindo ao reflexo da salivação
ficar em águas de bacalhau
gorar-se
ir por água abaixo
frustrar-se, perder-se
levar a água ao seu moinho
conseguir os seus intentos
meter água
fazer ou dizer asneiras
não dizer desta água não beberei
não se julgar livre de fazer aquilo que condena nos outros
pescar em águas turvas
tirar proveito da confusão
sem dizer água vai
sem aviso prévio
trazer água no bico
ter uma intenção oculta
coloquial verter águas
urinar
Do latim aqua-, «idem»
ANAGRAMAS
água
forma do verbo aguar
3.ª pessoa do singular do presente do indicativo de aguar
2.ª pessoa do singular do imperativo de aguar
Como referenciar: água in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-07-08 05:00:32]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A água corre para o mar e as coisas para o seu natural.
  • A água corrente não mata a gente.
  • A água de janeiro vale dinheiro.
  • A água do nevão dá pão; a do trovão em parte dá em parte não.
  • A água fervida tem mão na vida.
  • A água lava tudo, menos as más ações.
  • A água que no verão há de regar, em abril há de ficar.
  • A água silenciosa é a mais perigosa.
  • A quem arde o rabo, água se deita.
  • A quem é de morte a água lhe é forte; a quem é de vida a água é medicina.
  • Água ao figo e à pera vinho.
  • Água ao pipo, vinho à presa.
  • Água corrente não mata a gente.
  • Água danificada, fervida ou coada.
  • Água de fevereiro mata onzeneiro.
  • Água de serra e sombra de pedra.
  • Água e conselhos, só se dão a quem os pede.
  • Água e pão, comida de cão.
  • Água fria e pão quente, nunca fizeram bom ventre.
  • Água fria sarna cria; água quente nem a são, nem a doente.
  • Água mole em pedra dura, tanto dá até que fura.
  • Água quente, nem a são nem a doente.
  • Água vai, água venha; não se vai ao mato, vai-se à lenha.
  • Arrebóis de manhã trazem água à noite; arrebóis à noite trazem sol de manhã.
  • Barra roxa em sol nascente, água em três dias não mente.
  • Boi ronceiro, bebe água suja.
  • Branca geada, mensageira de água.
  • Cada um leva a água para o seu moinho.
  • Com melão vinho bom, com melancia água fria.
  • Conselhos e água só se dão a quem os pede.
  • Dia de São Vicente, toda a água é quente.
  • Dinheiro mal ganho, água o deu, água o levou.
  • Fazer bem ao velhaco é lançar água dentro do saco.
  • Fazer bem a vilão ruim é lançar água em cesto roto.
  • Gaivotas pelas portas, água pelas grotas.
  • Gato escaldado, de água fria tem medo.
  • Já que a água não vai ao moinho, vai o moinho à água.
  • Lua com circo, água no bico.
  • Mais vale a água do céu que todo o regado.
  • Na água revolta pesca o pescador.
  • Não digas desta água não beberei.
  • Não há água mais perigosa que a dormente.
  • Não te fies em água que não corra, nem em gato que não mia.
  • Ninguém diga "desta água não beberei".
  • Nunca digas desta água não beberei.
  • Pelo São Tiago, cada gota de água vale um cruzado.
  • Pode levar-se o cavalo até à água, mas não se pode obrigá-lo a bebê-la.
  • Por cima de melancia, água fria.
  • Presunção e água benta, cada um toma a que quer.
  • Quando a fonte seca é que a água tem valor.
  • Quando Deus quer, água fria é remédio.
  • Quem ceia vinho, almoça água.
  • Quem não poupa água e lenha, não poupa nada que tenha.
  • Quem vê o céu na água, vê os peixes nas árvores.
  • Sapo que salta, água não falta.
  • Só se sente a falta da água quando o cântaro está vazio.
  • Sogras nem as do cântaro, noras nem as de tirar a água.
  • Sol coelheiro, água no capelo.
  • Sol frio, água no rio.
  • Tanto bate a água em pedra dura até que fura.
  • Velha experimentada por água, vai arregaçada.
VER +