abuso

a.bu.so
ɐˈbuzu
nome masculino
1.
mau uso
2.
uso excessivo ou injusto
3.
exorbitância de atribuições; excesso de poder
4.
ultraje ao pudor
5.
insulto
DIREITO abuso de poder
crime cometido por funcionário que, violando os deveres inerentes à sua função, obtém para si ou para terceiro um benefício ilegítimo ou causa prejuízos a outras pessoas, uso do poder por uma autoridade pública quando não tem essa competência ou excede a que tem
abuso de confiança
1.
DIREITO crime cometido por quem, tendo recebido de outrem coisa móvel para guardar, usar, entregar a terceiro ou dar-lhe qualquer outro fim específico, faz dela coisa sua, integrando-a no seu património
2.
atitude abusiva tomada em virtude da posição ou situação que se ocupa
DIREITO abuso de direito
uso excessivo do direito que a lei confere
DIREITO abuso de representação
situação em que o representante atua dentro dos poderes formais que lhe são conferidos pelo seu representado, mas de modo contrário aos fins da representação
DIREITO abuso sexual
prática de atos sexuais de relevo com menores ou incapazes ou com quem, sendo capaz, se encontra inconsciente ou sem poder resistir
Do latim abūsu-, «utilização demasiada de algo»
ANAGRAMAS
abuso
forma do verbo abusar
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo
eu abuso
Como referenciar: abuso in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-11-24 06:43:20]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Do uso nasce o abuso.
VER +

CITAÇÕES

  • "Quando se viaja de passagem, tomam-se os abusos pelas leis do país."Voltaire