andar

an.dar
ɐ̃ˈdar
verbo intransitivo
1.
deslocar-se a pé; caminhar; mover-se
2.
mover-se; deslocar-se
3.
funcionar; trabalhar (um aparelho, um mecanismo)
4.
decorrer; passar (o tempo)
5.
ter desenvolvimento; progredir
verbo transitivo
1.
percorrer
2.
deslocar-se em (meio de transporte)
3.
frequentar (curso, escola)
4.
conviver com
5.
atingir (valor, quantidade, etc.); rondar
6.
coloquial manter relação amorosa (com)
verbo copulativo
liga o predicativo ao sujeito, indicando: estar, encontrar-se, achar-se o João anda contente; a casa anda em obras
nome masculino
1.
conjunto das divisões e áreas situadas ao mesmo nível num edifício, acima do rés do chão; piso, pavimento
2.
apartamento
3.
forma como se anda
4.
camada
5.
GEOLOGIA divisão estratigráfica cuja determinação se baseia em fósseis característicos, que constitui a unidade estratigráfica fundamental e tem, como tempo correspondente, a idade
andar à corda
andar ao arbítrio de alguém
andar a monte
andar fugido das autoridades
andar à nora
andar desorientado, andar sem saber o que fazer
andar aos ss e rr
cambalear de bêbedo
andar à solta
andar em liberdade
andar cimeiro
a cabeça
andar no ganso
cambalear de bêbedo
andar sobre brasas
andar aflito, andar preocupado
Do latim ambitāre, frequentativo de ambīre, «ir em volta»
ANAGRAMAS
Como referenciar: andar in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-28 23:43:54]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A légua pior de andar é a do pé da porta.
  • Quem com lobos anda, a uivar se ensina.
  • A roda da fortuna tanto anda como desanda.
  • A verdade não tem pés e anda.
  • Anda de teu amo ao sabor, se queres ser bom servidor.
  • Anda direito se queres respeito.
  • Anda em capa de letrado muito asno disfarçado.
  • Anda meio mundo a enganar outro meio.
  • Anda quente, come pouco, bebe assaz e viverás.
  • Andar, marinheiro, andar que não te apanhe São Simão no mar.
  • Ande o ano por onde andar, no mês de agosto há de aguentar.
  • Ande o frio por onde andar, no Natal cá vem parar.
  • Aves da mesma pena andam juntas.
  • Caminho começado é meio andado.
  • Cantar e andar encurta caminho.
  • Cascavel só anda aos pares.
  • Com quem tiver moinho a andar não te ponhas a soalhar.
  • Come caldo, vive em alto, anda quente, viverás longamente.
  • Dia de São Bartolomeu, anda o diabo à solta.
  • Dia frio e dia quente, fazem andar o homem doente.
  • Diz-me com quem andas, dir-te-ei quem és.
  • Fala bem da guerra quem não anda nela.
  • Gado e lazeira andam de feira em feira.
  • Mais anda quem tem bom vento do que quem muito rema.
  • Mais vale andar no mar alto, que nas bocas do mundo.
  • Mais vale solteiro andar que mal casar.
  • Manhãs de abril, boas de andar, doces de dormir.
  • Milho ralo faz o dono cavalo e milho basto faz o dono andar de rasto.
  • Não ande o carro à frente dos bois.
  • Não custa andar a pé quando se leva o cavalo à rédea.
  • O ganho e a lazeira andam de feira em feira.
  • O mundo é uma bola, quem nele anda é quem se amola.
  • Pão e vinho andam caminho que não moço ardido.
  • Quando a raposa anda aos grilos, mal da mãe, pior dos filhos.
  • Quem anda à chuva, molha-se.
  • Quem anda de capote no verão, ou é pobre, ou está doente, ou é ladrão.
  • Quem anda devagar, pouco alcança.
  • Quem ao ano andou e aos dois falou, bom leite mamou.
  • Quem com o demo anda, com ele acaba.
  • Quem em abril não varre a eira e em maio não sacha a leira, anda todo o ano em canseira.
  • Quem não se aventura, não anda a cavalo nem de mula.
  • Quem primeiro anda, primeiro ganha.
  • Quem quiser andar pouco e mal, meta-se no areal.
  • Quem tem burro e anda a pé, mais burro é.
  • Quem vê os Três Reis Magos, não anda longe do Salvador.
  • Solas e vinho, andam caminho.
VER +

CITAÇÕES

  • "E meteu-se com eles a dançar, tomando-os pelas mãos; e eles folgavam e riam, e andavam com ele muito bem ao som da gaita."Pêro Vaz de Caminha