cama

ca.ma
ˈkɐmɐ
nome feminino
1.
móvel constituído por uma estrutura retangular (com ou sem pés) sobre o qual se coloca um colchão em que habitualmente se dorme; leito
2.
figurado lugar sobre o qual pessoas ou animais se deitam
3.
figurado camada de coisas macias para colocar frutos ou objetos frágeis
cama e mesa
dormida e comida
cair/ficar de cama
ter de permanecer na cama por motivo de doença
irónico fazer a cama a
preparar (a alguém) uma situação desagradável
De origem ibérico pelo latim tardio cama-, «cama»
Como referenciar: cama in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-02-28 15:32:53]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Cama no chão, cama de cão.
  • Em cama estreita, deitar primeiro.
  • Ganha fama e deita-te na cama.
  • Geada na lama, chuva na cama.
  • Mais vale boa fama que dourada cama.
  • Na cama, não há programa.
  • Ninguém cria fama deitado na cama.
  • Para a mesa e para a cama, uma só vez se chama.
  • Poda na rama, vinho na cama.
  • Quem boa cama faz, melhor nela se deita.
  • Quem canta na cama e assobia à mesa, o juízo pouco lhe pesa.
  • Quem em novo não trabalha, em velho morre na cama.
  • Quem melhor fizer a cama, melhor nela se deita.
  • Trigo deita-o na lama, que o deitas em boa cama.
VER +