casa

ca.sa
ˈkazɐ
nome feminino
1.
qualquer edifício destinado a habitação
2.
construção destinada a habitação, por oposição a apartamento; moradia, vivenda
3.
cada uma das divisões de uma habitação; compartimento, dependência
4.
local onde se vive; domicílio, morada
5.
família, lar
6.
compartimento anexo a um edifício
7.
estabelecimento comercial
8.
empresa, firma
9.
coloquial empresa, repartição, instituição ou estabelecimento onde se trabalha
10.
conjunto dos membros de uma família
11.
conjunto dos bens de uma família
12.
conjunto de despesas domésticas
13.
abertura na roupa onde prende o botão
14.
cada uma das divisões dos tabuleiros de jogos
15.
cada uma das divisões da tabuada
16.
lugar ocupado por um algarismo em relação a outros do mesmo número
17.
período de tempo correspondente a dez anos, sobretudo na vida de alguém
18.
designação de certas repartições ou serviços públicos
19.
conjunto de pessoas que estão adstritas ao serviço particular de um chefe de Estado
20.
conjunto de pessoas presentes num estabelecimento ou espetáculo; audiência, assistência
21.
conjunto de móveis e outros objetos que constituem o recheio de uma habitação
22.
espaço delimitado por linhas em formulários, questionários e outros impressos
23.
[com maiúscula] família da realeza ou da nobreza
24.
alvéolo dos favos das abelhas
25.
ASTROLOGIA cada uma das 12 divisões em que os astrólogos dividem o céu, correspondentes a cada um dos signos do zodíaco
26.
DESPORTO estádio, complexo desportivo ou cidade a que pertence um clube desportivo
ARQUITETURA casa caramela
tipo de edifício habitacional térreo dos finais do século XIX e inícios do século XX, característico da região de Palmela, de planta retangular com orientação este-oeste, geralmente com anexos a norte (forno) e a sul (adega e abegoaria), construído em alvenaria de adobe, com reboco com base em cal aérea e areia e leite de cal pigmentada (vermelho ou azul) na zona de soco, cobertura com estrutura de madeira e telha marselhesa e duas ou mais águas
MILITAR casa da guarda
dependência destinada a alojamento das praças que se encontram de guarda a um quartel ou a qualquer outra instalação militar
popular casa da Joana
local sem regras ou disciplina, onde reina a desordem
Casa da Moeda
estabelecimento do Estado onde se cunha e emite a moeda
casa das máquinas
1.
compartimento onde se encontram os motores e aparelhos necessários ao funcionamento de um elevador
2.
NÁUTICA compartimento de um navio onde se encontram os motores e outra maquinaria necessária à propulsão da embarcação
casa de abrigo
espaço residencial destinado ao acolhimento temporário de indivíduos em situação de risco (nomeadamente, de violência doméstica)
casa de banho
divisão de uma habitação ou de um espaço público destinada aos cuidados de higiene; quarto de banho
casa de campo
residência particular de férias, numa área rural
casa de chá
estabelecimento onde se serve chá e outras bebidas, além de lanches ou outras refeições ligeiras; confeitaria
casa de correção
estabelecimento para detenção e recuperação social de menores delinquentes; reformatório
casa de despejo
pequena construção, coberta de telha ou cimento, utilizada para arrumos
casa de Deus
igreja; templo
casa de espetáculos
edifício ou estabelecimento próprio para apresentação de peças de teatro, concertos musicais, etc.
casa de fados
estabelecimento de restauração que tem como principal atração a atuação de um ou vários fadistas
casa de fresco
ARQUITETURA edifício, geralmente de pequenas dimensões, erigido em jardim, parque, etc., para servir de abrigo nas horas de calor dos dias quentes
casa de hóspedes
edifício de habitação onde se alugam quartos (com ou sem direito a refeições) a um número reduzido de hóspedes
casa de malta
1.
local onde habitam ou dormem trabalhadores itinerantes ou deslocados
2.
coloquial local onde moram diferentes indivíduos sem ligação familiar entre si
casa de orates
hospital de doidos, manicómio
casa de passe
casa onde se praticam atividades de prostituição
casa de pasto
estabelecimento onde se servem refeições geralmente a baixo preço
casa de praia
residência particular de férias, numa zona junto à praia
casa de prego
casa de penhores
casa de recuo
1.
gíria local utilizado por criminosos como esconderijo de mercadorias ou refúgio de pessoas
2.
esconderijo; abrigo
casa de saúde
estabelecimento hospitalar, geralmente privado, que recebe doentes mediante pagamento
casa do povo
1.
HISTÓRIA instituição de previdência social local destinada à população rural, durante o Estado Novo
2.
edifício onde funcionava esse serviço
casa do rancho
alojamento destinado ao pessoal da equipagem dos navios mercantes
HISTÓRIA Casa dos Vinte e Quatro
corpo administrativo dos interesses gerais das corporações medievais portuguesas de artes e ofícios formado por dois representantes de cada uma
ARQUITETURA casa gandaresa
tipo de edifício térreo característico da arquitetura tradicional portuguesa, geralmente construído em adobe e organizado em torno de um pátio interior, sendo a fachada exterior marcada por uma sequência de janela, porta, janela e, por vezes, portão de acesso ao pátio
casa mortuária
edifício anexo a uma igreja onde se realizam os velórios dos defuntos a sepultar
casa pia
estabelecimento de assistência social, vocacionado para o acolhimento e educação de crianças pobres ou desfavorecidas
andar com a casa às costas
transportar coisas de um lado para o outro, sobretudo em período de mudanças
(provérbio) casa roubada, trancas à porta
providências tomadas depois de o mal ter sucedido
de casa e pucarinho
1.
na maior intimidade
2.
diz-se de casal que faz vida conjugal sem estar casado
dona de casa
pessoa sem atividade profissional remunerada, que se ocupa da administração da sua casa; doméstica
montar casa
mobilar a residência com todos os apetrechos necessários à sua habitação
sentir-se em casa
estar à vontade, proceder sem cerimónias
ser da casa
ser íntimo ou conhecido de alguém; gozar de tratamento familiar
Do latim casa-, «cabana; choupana»
ANAGRAMAS
casa
forma do verbo casar
3.ª pessoa do singular do presente do indicativo
ele, ela, você casa
2.ª pessoa do singular do imperativo
casa tu
Como referenciar: casa in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2020. [consult. 2020-10-30 20:08:16]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A abelha, perto do monte, com fonte e casa abrigada, produz mel e cera dobrada.
  • A boa filha duas vezes vem a casa.
  • A caridade começa por nossa casa.
  • A casa arruinada e a bolsa vazia dão esperteza mais tardia.
  • A casa da tua tia não vás dia a dia.
  • A casa do rico irás a pedido e à do pobre sem ser chamado.
  • A casa do teu irmão não vás a cada serão.
  • A casa e o ninho, o mais pequenino.
  • A casa velha, ombreiras novas.
  • A casa nova, portas novas.
  • A fome espreita à porta de quem trabalha mas não entra em casa.
  • A ladrão de casa não se fecha a porta.
  • A roupa suja lava-se em casa.
  • Antes de casar tem casa em que morar, terras que lavrar e vinhas que podar.
  • Ao velho muda-lhe a casa e o ar e vê-lo-ás acabar.
  • Bem prega Maria em casa vazia.
  • Boa festa faz quem em sua casa fica em paz.
  • Boa romaria faz quem em sua casa fica em paz.
  • Burro mau, indo para casa, corre sem pau.
  • Cada casa tem seu tolo e cada tolo sua mania.
  • Cada um na sua casa e Deus na de todos.
  • Cantar na igreja e chorar em casa.
  • Casa arrombada, trancas à porta.
  • Casa arrumada e bolsa vazia dão esperteza mais tardia.
  • Casa caiada, filha casada.
  • Casa com duas portas é má de guardar.
  • Casa de duque nunca perdeu.
  • Casa de esquina é passagem.
  • Casa de ferreiro, espeto de pau.
  • Casa de pai, vinha de avô.
  • Casa de pais, escola de filhos.
  • Casa de parida, na outra vida.
  • Casa em que não há cão nem gato, é casa de velhaco.
  • Casa fechada, casa estragada.
  • Casa feita, pega morta.
  • Casa onde caibas, roupa quanta vistas, terra quanta avistas ou tanta que tu não saibas.
  • Casa onde não entra sol, entra médico.
  • Casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.
  • Casa onde só uns têm barrigão de nada serve lutar, porque não há solução.
  • Casa que não cria sempre pia.
  • Casa que não tem gato, tem ratos.
  • Casa sem fogo e sem chama assemelha-se a corpo sem alma.
  • Casa varrida e mesa posta, hóspede espera.
  • Casas velhas, portas novas.
  • Casa que não seja ralhada não é governada.
  • Chove, chove, choverá; quem estiver em casa alheia de vergonha sairá.
  • Confia no futuro, mas põe a casa no seguro.
  • De casa de gato, não sai farto o rato.
  • De galinhas e más fadas não se enchem as casas.
  • Depois da casa roubada, trancas à porta.
  • Dia em que me não enfeitei, veio a casa quem eu não cuidei.
  • Duas velas a arder, deitam a casa a perder.
  • Em abril vai a velha onde quer ir, mas a sua casa vem dormir.
  • Em casa cheia depressa se prepara a ceia.
  • Em casa de doente o lugar não se aquente.
  • Em casa de enforcado não falem em corda.
  • Em casa de ferreiro, espeto de pau.
  • Em casa do sisudo faz-se o pão miúdo.
  • Em casa escura não entra alegria.
  • Em casa de pouco pão, todos ralham e ninguém tem razão.
  • Em casa não tens sardinha, na alheia pedes galinha.
  • Em casa onde não há pão, todos ralham e ninguém tem razão.
  • Em sua casa cada qual é rei.
  • Entrudo borralheiro, Natal em casa, Páscoa na praça.
  • Fui ao meu vizinho, envergonhei-me, vim para minha casa, remediei-me.
  • Galinha de casa mais come do que vale.
  • Há mais quem suje a casa que quem a varra.
  • Hóspede em casa, dia santo é.
  • inverno em casa, depressa passa.
  • Já que não podes ser uma estrela no firmamento sê uma lamparina em tua casa.
  • Ladrão de casa sempre tem hora.
  • Madeiro para tua casa, corta-o em janeiro.
  • Mais vale comer na rua que morrer de fome em casa.
  • Melhor é curar goteira que a casa inteira.
  • Muito pode a velha para sua casa.
  • Na casa se vê quem tem maleitas.
  • Não bebas em casa de botica, nem pegues em casa de ferreiro.
  • Não se começa uma casa pelo telhado.
  • O homem faz a casa e a casa o homem.
  • O que à praça vai e vem, duas casas mantém.
  • Ovelha de casta, pasto de graça e filho de casa.
  • Quando em casa não há gato, folga o rato.
  • Quem à taverna vai e vem, duas casas mantém.
  • Quem casa, quer casa.
  • Quem come da taverna, duas casas governa.
  • Quem em casa da mãe não atura, na da madrasta não espera ventura.
  • Quem em casa deixa a cabeça, na praça deixa o turbante.
  • Quem fez a casa na praça, a muito se aventurou; uns dizem que ela é baixa, outros que de alta passou.
  • Quem não tem que fazer, alaga a casa e torna-a a erguer.
  • Quem senhora é em casa, senhora é pela vida chamada.
  • Rainha sou, enquanto em minha casa estou.
  • Santos de casa não fazem milagres.
  • Terra que vejas, libras que possas, casa que baste.
  • Três luzes a arder deitam uma casa a perder.
  • Vive em paz quem em sua casa festa faz.
  • Cansada é a ceia que vem de casa alheia.
VER +