chegar

che.gar
ʃəˈɡar
verbo transitivo e intransitivo
1.
vir (de algum lugar)
2.
colocar(-se) perto; aproximar(-se)
3.
ser suficiente (para); bastar
verbo intransitivo
1.
dar entrada em
2.
regressar
3.
ter início; começar
4.
Moçambique ir
verbo transitivo
1.
atingir (determinado lugar ou ponto); alcançar
2.
dar (algo) a; passar
3.
pôr em contacto
4.
igualar-se (a); comparar-se (a)
5.
sovar; bater
6.
levar a fêmea à cobrição
verbo pronominal
1.
aproximar-se
2.
resolver-se
chegar a brasa à sua sardinha
zelar pelos seus interesses
chegar a mostarda ao nariz a
fazer perder a paciência a
chegar a roupa ao pelo a
bater em
chegar a vias de facto
lutar, agredir
chegar às boas
ceder, conformar-se
não chegar aos calcanhares de
ser muito inferior a
chegar-se à razão
atender, conformar-se
chegar-se ao rego
conformar-se, meter-se na ordem
chega e sobra!
é mais que suficiente
Como usar o verbo
chegar a
regressar
Finalmente, o pai chegou a casa.
chegar de
vir
Ela chegou de comboio ao Porto.
chegar em
acercar-se
O médico chegará em vinte minutos ao hospital.
chegar para
bastar
Os meios de auxílio não chegaram para todos.
Do latim plicāre, «dobrar; enrolar» as velas quando o navio chega
Como referenciar: chegar in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 17:10:18]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • À bouça não chega o dente de cabra.
  • A mentira só dura enquanto a verdade não chega.
  • A mil chegarás, de dois mil não passarás.
  • As más notícias chegam depressa.
  • Boi bravo que chega a terra alheia faz-se de manso.
  • Bom é saber calar até chegar a oportunidade de falar.
  • Cada dia três e quatro, breve chegarás ao fundo do saco.
  • Cada um chega a brasa para a sua sardinha.
  • De mil passarás, aos dois mil não chegarás.
  • Donde se tira e não se põe, cedo se chega ao fundo.
  • Dura a mentira enquanto não chega a verdade.
  • É mister não tardar, nem muito cedo chegar.
  • Namoro de Carnaval, não chega ao Natal.
  • O caldo enquanto está na panela chega para todos.
  • Para comer convida-se uma vez, para trabalhar espera-se até chegar.
  • Quando maio chegar, é preciso enxofrar.
  • Quando maio chegar, quem não arou tem que arar.
  • Quem à boa árvore se chega, boa sombra o acolhe.
  • Quem morte alheia espera, a sua lhe chega.
  • Quem nasceu para cinco, não chega a dez.
  • Quem nasceu para porco, nunca chega a porqueiro.
  • Quem nasceu para vintém, nunca chega a pataco.
  • Quem primeiro chega, primeiro é servido.
  • Se cada dia tirares três e quatro, breve chegas ao fundo do saco.
VER +