dinheiro

di.nhei.ro
diˈɲɐjru
nome masculino
1.
qualquer moeda de metal ou papel que representa um valor fixado por lei
2.
valor representativo de qualquer quantia
3.
numerário; quantia
4.
riqueza; posses
5.
HISTÓRIA antiga moeda romana, equivalente a dez asses
6.
HISTÓRIA antiga moeda portuguesa, do tempo de D. Afonso V, equivalente à terça parte de um ceitil
dinheiro de plástico
1.
cartão de crédito ou débito
2.
sistema ou modalidade de pagamento através de cartões desse tipo
popular dinheiro de sardinhas
pequenas quantias que se vão recebendo por conta de quantia maior, sujeitas a serem gastas facilmente
dinheiro fácil
dinheiro obtido sem esforço, geralmente por meios pouco honestos
dinheiro vivo
dinheiro em notas e/ou moedas
dinheiros públicos
recursos financeiros do Estado
a dinheiro
em numerário
fazer dinheiro
1.
ganhar dinheiro
2.
enriquecer
trocar dinheiro
1.
dar nota ou moeda de valor elevado em troca de quantia equivalente em notas ou moedas de menor valor
2.
dar certa quantia em determinada moeda e receber o equivalente em moeda de outro país
Do latim denarĭu-, «moeda de prata que valia dez asses»
Como referenciar: Porto Editora – dinheiro no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-09-22 04:17:56]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • A água de janeiro vale dinheiro.
  • A quem do seu foi mau despenseiro, não fies o teu dinheiro.
  • A quem tem dinheiro não lhe falta companheiro.
  • Amor de rameira, carícias de cão, amizade de frade e amor de hospedeiro hão de custar dinheiro.
  • Amor sem dinheiro não é bom companheiro.
  • Ao luar de janeiro, conta-se dinheiro.
  • Barqueiro a barqueiro não leva dinheiro.
  • Bolsa rota, dinheiro à solta.
  • Bom companheiro é o dinheiro.
  • Calça branca em janeiro é sinal de pouco dinheiro.
  • Dá ao advogado o dinheiro de contado.
  • De dinheiro e da verdade, metade da metade.
  • De ferreiro a ferreiro não passa dinheiro.
  • De quem do seu foi mau despenseiro, não fies o teu dinheiro.
  • Dinheiro assim como veio assim vai.
  • Dinheiro emprestado, dinheiro arriscado.
  • Dinheiro emprestado parte rindo e volta chorando.
  • Dinheiro mal ganho, água o deu, água o levou.
  • Encomendas sem dinheiro esquecem ao primeiro ribeiro.
  • Encomenda sem dinheiro fica no tinteiro.
  • Encomenda sem dinheiro, vai pelo correio.
  • Entre a honra e o dinheiro o segundo é o primeiro.
  • Fidalgo sem dinheiro, castelo sem ameias.
  • Galinha gorda por pouco dinheiro não há no poleiro.
  • Gente baixa só tem olho no dinheiro.
  • Judeus em Páscoas, mouros em bodas e cristãos em pleitos gastam os seus dinheiros.
  • Mais faz diligência que dinheiro.
  • Mais vale ficar solteiro que casar sem dinheiro.
  • Mondar a chover é dinheiro a perder.
  • Obra feita, dinheiro à espreita.
  • Quando o dinheiro fala, a verdade cala.
  • Sapatos brancos em janeiro, é sinal de pouco dinheiro.
  • Saúde e alegria, beleza cria; atavio e enfeite, custa dinheiro e mente.
VER +

CITAÇÕES