discurso

dis.cur.so
diʃˈkursu
nome masculino
1.
exposição oral de um texto escrito que trata um ou mais assuntos e que é normalmente preparado e organizado com antecedência para ser proferido em público
2.
exposição ordenada sobre um dado assunto; dissertação; arrazoado
3.
LINGUÍSTICA realização concreta e irrepetível da linguagem verbal, escrita ou oral, e em qualquer registo (formal, informal, etc.)
4.
coloquial conjunto de palavras vãs e sem sentido; palavreado
5.
coloquial repreensão, descompostura
6.
oração; fala oratória
GRAMÁTICA discurso direto
reprodução (ou citação) na primeira pessoa, do discurso de um locutor, mantendo no discurso reproduzido a forma do discurso original
GRAMÁTICA discurso indireto
reprodução do discurso de um locutor no discurso do mesmo ou de outro locutor, não se mantendo a forma original no discurso reproduzido
GRAMÁTICA discurso indireto livre
modalidade de discurso entre o discurso direto e o indireto em que se fundem o relato da enunciação e a enunciação original
discurso redondo
dissertação, oral ou escrita, geralmente de natureza sentenciosa e predical, cujo conteúdo se fecha entre um início e um final reiterados e idênticos
Do latim discursu-, «idem»
discurso
forma do verbo discursar
1.ª pessoa do singular do presente do indicativo de discursar
Como referenciar: discurso in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-10 16:41:36]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Discurso comprido, mentira comprida.
VER +