durar

du.rar
duˈrar
verbo transitivo
ter a duração de
verbo intransitivo
1.
não se gastar; conservar-se no mesmo estado
2.
resistir; persistir
3.
viver
Do latim durāre, «idem»
Como referenciar: Porto Editora – durar no Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora. [consult. 2021-08-05 03:06:49]. Disponível em

PROVÉRBIOS

  • A maior ventura é a que menos dura.
  • A mentira só dura enquanto a verdade não chega.
  • Boa ventura só com outra dura.
  • Burro velho não toma andadura, e se a toma pouco lhe dura.
  • Castigo de dura, uma no cravo e outra na ferradura.
  • Dura a mentira enquanto não chega a verdade.
  • Enterro de rico, dura mais um pouquito.
  • Fartura de lobo, três dias dura.
  • Formosura pouco dura.
  • Homem valente e vinho velho duram pouco.
  • Não há bem que dure, nem mal que ature.
  • Não há bem que sempre dure, nem mal que nunca acabe.
  • Não há mal que sempre dure, nem amor que não perdure.
  • Não há mal que sempre dure, nem bem que não acabe.
  • O amor é eterno enquanto dura.
  • O bem não dura e o mal perdura.
  • O que se aprende no berço dura até à sepultura.
  • Quem bem se cura, bem dura.
  • Quem mais se cura, mais dura.
  • Quem queira durar, aprenda a suportar.
  • Remenda o teu pano, que dura até ao ano; torna a remendar, que torna a durar.
  • Tanto maior é a ventura quanto menos dura.
  • Vento e ventura, pouca dura.
VER +