juízo

ju.í.zo
ˈʒwizu
nome masculino
1.
ato ou faculdade intelectual de julgar
2.
sensatez, bom senso, discernimento, siso, tino
3.
apreciação sobre as pessoas ou as coisas, parecer, conceito, opinião
4.
DIREITO decisão do tribunal; sentença
5.
DIREITO tribunal; jurisdição
6.
RELIGIÃO julgamento divino profetizado no livro do Apocalipse
7.
FILOSOFIA processo pelo qual o espírito afirma a realidade de uma coisa ou de uma relação de duas ideias
8.
LÓGICA ato de estabelecer a existência de uma relação determinada entre dois ou mais termos, para afirmar ou negar a sua conveniência
9.
popular mente, pensamento
juízo a priori
opinião sem fundamento na experiência
juízo a posteriori
opinião fundamentada na experiência
juízo de Deus
prova judicial pelo fogo e outros tormentos, usada na Idade Média para decidir da culpabilidade ou inocência do acusado
coloquial dar a volta ao juízo
fazer endoidecer
estar no seu juízo
ter a noção do que se faz ou diz
fazer um juízo
dar uma opinião
coloquial moer o juízo
aborrecer, importunar
perder o juízo
endoidecer
Do latim judicĭu-, «idem»
Como referenciar: juízo in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-12-13 08:34:57]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • Barba não dá juízo.
  • Liberdade sem juízo é pólvora em mãos de menino.
  • Quando a cabeça não tem juízo, o corpo é que paga.
  • Quem canta na cama e assobia à mesa, o juízo pouco lhe pesa.
VER +