mau

mau
ˈmaw
feminino:
adjetivo
1.
que não é de boa qualidade
2.
que não tem bons instintos; que exprime maldade
3.
sem talento ou arte; imperfeito
4.
nocivo; prejudicial
5.
difícil; perigoso
6.
irrequieto
7.
malvado; perverso
8.
funesto
9.
duro
nome masculino
1.
mal
2.
indivíduo mal-intencionado
3.
gíria académica classificação negativa e geralmente a mais baixa da escala
mau!
exclamação designativa de descontentamento ou reprovação
mau grado
apesar de
Do latim malu-, «idem»
Como referenciar: mau in Dicionário infopédia da Língua Portuguesa [em linha]. Porto: Porto Editora, 2003-2019. [consult. 2019-07-22 15:31:09]. Disponível na Internet:

PROVÉRBIOS

  • A água lava tudo, menos as más ações.
  • A amásia e a cabra é má coisa sendo magra.
  • A fome é má conselheira.
  • A ignorância é má conselheira.
  • A impaciência é má conselheira.
  • A má ação fica com quem a pratica.
  • A má chaga sara e a má fama mata.
  • A má companhia torna o bom mau e o mau pior.
  • A má erva mata a boa.
  • A má pele não se muda.
  • À má sorte boa cara.
  • A mancebo mau, mão e pau.
  • A más fadas más bragas.
  • A palavra boa unge e a má punge.
  • A preguiça é má conselheira.
  • A quem do seu foi mau despenseiro, não fies o teu dinheiro.
  • A quem má fama tem não acompanhes, nem queiras bem.
  • A tua fama longe soa, e mais depressa a má que a boa.
  • Amor, amor, princípio mau, fim pior.
  • Antes calar que mau falar.
  • Antes com bons a furtar que com maus a orar.
  • Antes morte que má sorte.
  • Ao bom darás e do mau te afastarás.
  • Arrima-te aos bons e serás um deles; chega-te aos maus e serás pior do que eles.
  • As más notícias chegam depressa.
  • Batata e pão, juntos dão má digestão.
  • Bate no bom e ele melhora, bate no mau e ele piora.
  • Boa mesa, mau testamento.
  • Boa noite após mau tempo, traz depressa chuva ou vento.
  • Bocado de mau pão não o comas nem dês ao teu irmão.
  • Bom ano de pão, mau ano de pão; as colheitas o dirão.
  • Bom coração quebranta má ventura.
  • Bom de convidar, mau de fartar.
  • Bom silêncio vale mais do que má pergunta.
  • Bom vinho, má cabeça.
  • Burro mau, indo para casa, corre sem pau.
  • Cá e lá más fadas há.
  • Casa com duas portas é má de guardar.
  • Com maus cozinheiros, queima-se a comida.
  • Com o muito poupar e bem não fazer, os bens que se juntam mau fim vão ter.
  • Contra a má sorte, coração forte.
  • Cutelo mau, corta o dedo e não o pau.
  • De castanhã a castanhã, se faz a má manhã.
  • De doido pedrada ou má palavra.
  • De galinhas e más fadas não se enchem as casas.
  • De má mata, nunca boa caça.
  • De mau grão, nunca bom pão.
  • De maus costumes, nascem boas leis.
  • De maus filhos, maus amigos.
  • De quem do seu foi mau despenseiro, não fies o teu dinheiro.
  • Deus nos livre de maus vizinhos ao pé da porta.
  • Dia de maio, dia de má ventura; ainda é de manhã, logo é noite escura.
  • Dos bons bom penhor, dos maus não fiador.
  • É má a ave que seu ninho suja.
  • É mau de contentar quem quer sol na eira e chuva no nabal.
  • É mau o caldo que muita gente tempera.
  • Em ano bom o grão é feno e no mau a palha é grão.
  • Em má hora nasce quem má fama cobra.
  • Em qualquer parte há um pedaço de mau caminho.
  • Erva má, sempre vingará.
  • Escusas de mau pagador, ouvidos de mercador.
  • Fala no mau, aparelha o pau.
  • Filha má, dota-a e casa-a.
  • Foge do mau vizinho e do excesso de vinho.
  • Grandes desgostos e tormentos acompanham os maus casamentos.
  • Homem ocupado, nem cuida coisas más, nem as faz.
  • Livra-te do mau vizinho e do excesso de vinho.
  • Má é a árvore que só dá fruto a poder de trato.
  • Mais vale boa esperança que posse má.
  • Mais vale bom vagar que má pressa.
  • Mais vale deixar a maus que pedir a bons.
  • Mais vale mau acordo do que boa demanda.
  • Não se mate o mensageiro por transmitir más notícias.
  • Nem rio sem vau, nem geração sem mau.
  • Neve em fevereiro, é mau para o celeiro.
  • Nunca vai mau tempo se não vai vento.
  • O bom vinho arruína a bolsa e o mau o estômago.
  • O mau cobrador faz o mau pagador.
  • O que é bom para o ventre é mau para os dentes.
  • Para bom mestre não há má ferramenta.
  • Pior que o inimigo é o mau amigo.
  • Por mau vizinho, não desfaças teu ninho.
  • Quando Deus o assinalou, alguma coisa má lhe achou.
  • Quem casa por amores, maus dias, noites piores.
  • Quem ceia e logo se vai deitar, má noite vai passar.
  • Quem com maus vizinhos vizinhar, com um olho há de dormir e com outro vigiar.
  • Quem más fadas não acha, de boas se enfada.
  • Quem sempre traz má cor, não é médico nem doutor.
  • Quem tem rocim e barregã, tem má noite e pior manhã.
  • Ruivo de mau pelo mete o demo no capelo.
  • Saco de carvoeiro, mau de fora, pior de dentro.
  • Se chove, chuva, se neva, neve, que se não há vento, não faz mau tempo.
  • Se não houvesse vento, não havia mau tempo.
  • Tem má ceia quem come por mão alheia.
  • Uma má ovelha deita o rebanho a perder.
VER +

CITAÇÕES

  • Engolir as más palavras que não se dizem, nunca fez mal a ninguém.Winston Churchill